Em minhas-financas / carros

Fiat faz recall de mais de 17 mil veículos por problema em bomba de combustível

A campanha abrange 5.089 veículos Uno Firefly e 12.022 modelos Fiat Strada

Fiat Uno Vivace
(Divulgação)

 SÃO PAULO – A FCA Fiat Chrysler convocou recall dos veículos Fiat Uno Firefly, com motorizações 1.0 e 1.3, e Fiat Strada, com motorização 1.4, ambos com ano/modelo 2016/2017.

 A campanha é motivada pela possibilidade de falha no funcionamento da bomba de combustível, o que pode provocar o desligamento inesperado ou o não acionamento automático do motor.

 De acordo com as informações da empresa, o recall abrange 17.111 veículos, sendo 5.089 Uno Firefly e 12.022 veículos Strada.

 Todos os modelos foram produzidos na planta de Betim (MG) e comercializados exclusivamente no Brasil. A fabricação ocorreu de 23 de setembro de 2015 a 12 de dezembro de 2016.

 Os automóveis foram colocados no mercado com numeração de chassi não sequencial entre os intervalos 9BD195A4NH0722618 a 9BD195A4NH0785160, para os modelos Uno Firefly; e 9BD57814FHB089108 a 9BD57834FHY143918, para os modelos Strada.

 Em nota, a fabricante destacou a necessidade da atualização do software da central eletrônica do motor de todos os veículos envolvidos na campanha, uma vez que a bomba de combustível poderá não pressurizar a tubulação de combustível, deixando de alimentar o sistema e, consequentemente, provocar a parada do motor do veículo.

 A empresa informou ainda que, para as versões do Uno Firefly equipadas com o dispositivo Start&Stop, também será necessário substituir a bomba de combustível, pois o veículo poderá não ligar automaticamente quando o condutor parar totalmente o carro como, por exemplo, estiver aguardando a abertura do semáforo.

 A falha no funcionamento da bomba de combustível, informa a FCA, poderá, em casos extremos, provocar o desligamento inesperado ou o não acionamento automático do motor, “comprometendo as condições de dirigibilidade do veículo e aumentando o risco de colisão, com consequentes danos físicos e materiais ao condutor, passageiros e terceiros".

 

Contato