Em minhas-financas / carros

BMW se une a Intel e promete carro que dirige totalmente sem condutor em 2021

Se o plano se concretizar, será uma das maiores revoluções na história da indústria automobilística

BMW - Bloomberg
(Bloomberg)

SÃO PAULO – A BMW se uniu com a americana Intel e a israelense Mobileye para criar desenvolver carros que dirijam completamente sozinhos até 2021, aponta o site CNN Money. A empresa desenvolverá uma plataforma aberta com ajuda das duas companhias para a próxima geração de veículos.

O novo modelo da plataforma iNEXT será a base para as futuras frotas de veículos completamente autônomos, aponta a montadora, que conseguirão se locomover tanto na estrada, quanto nas cidades.

Um porta-voz da montadora aponta que o carro deverá contar com volante e pedais no veículo para o caso do motorista querer estar no controle. “Com esse novo passo, estamos oferecendo a nossos consumidores um novo nível de prazer ao dirigir”, disse o conselheiro da BMW Harald Kruger.

O negócio da BMW vem um dia depois de um acidente com um carro da Tesla que acabou em morte do condutor que estava usando um software de piloto automático do carro. Isso levou questões quanto aos limites de segurança desses veículos.

As companhias dizem que a parceria será a fundação de um novo modelo de negócio completamente novo. A plataforma vai estar disponível para várias montadoras e também para outras indústrias que usam máquinas autônomas. 

 

Contato