Em minhas-financas / carros

SP tem o menor imposto sobre etanol do País, diz Alckmin

O governador assina decreto que prevê a ampliação do deferimento do ICMS, concedido atualmente apenas à cana-de-açúcar, para outras matérias-primas e subprodutos utilizados na produção de etanol, incluindo milho e sorgo sacarino

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, destacou nesta terça-feira, 3, que o Estado, desde a administração de Mário Covas (PSDB), "nunca aumentou imposto". "Sempre que pôde, reduziu", afirmou durante audiência com lideranças da cadeia produtiva de açúcar e etanol no Palácio dos Bandeirantes, na capital paulista.

 

Alckmin ressaltou, ainda, que o etanol comercializado em São Paulo tem o menor imposto do País, de 12% de ICMS. "Estamos racionalizando a questão tributária no Estado", ressaltou, referindo-se aos dois decretos assinados hoje por ele.

 

O governador assina hoje decreto que prevê a ampliação do deferimento do ICMS, concedido atualmente apenas à cana-de-açúcar, para outras matérias-primas e subprodutos utilizados na produção de etanol, incluindo milho e sorgo sacarino. Outro decreto prevê a redução de 18% para 7% no ICMS incidente na saída interna de amido de milho, glicose e outros açúcares e xaropes advindos do milho.

 

O tucano destacou ainda, sem dar mais detalhes, que pretende inserir a Cesp no segmento de cogeração de energia e ampliar financiamentos para equipamentos que recolham palha de cana, necessária à cogeração.

 

Contato