Em minhas-financas / carros

Maioria dos paulistanos considera o trânsito causa de infelicidade

57% dos paulistanos deixaram de usar o carro como principal forma de locomoção

fila de carros - trânsito - cidades
(Getty Images)

SÃO PAULO – Já não é novidade que o trânsito na cidade de São Paulo gera estresse para os moradores da metrópole. Porém, 58% dos paulistanos acreditam que o tráfego é a maior causa da infelicidade em suas vidas.

De acordo com uma pesquisa realizada pelo Ipespe (Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas), para o livro, “Como viver em São Paulo sem carro”, 27% da população consideram o trânsito como uma dos principais motivos de infelicidade.

Os dados mostram ainda que ao longo dos últimos anos, 57% dos paulistanos deixaram de usar o carro como principal forma de locomoção.

Dentre as opções encontradas pela população estão andar a pé (78%), de ônibus (70%) e de metrô (61%) – vale lembrar que os pontos se somam, pois as pessoas adotam diversas alternativas combinadas. No caso do metrô e trens, o número de usuários aumentou em 1,2 milhões de pessoas por dia nos últimos três anos, segundos dados da Secretaria de Transportes Metropolitanos.

 

Contato