Inadimplência

Call center jurídico ajuda em cobranças judiciais e extrajudiciais

Serviço consegue até 90% de sucesso em negociações de dívidas recentes

SÃO PAULO – A inadimplência está em alta em 2015. Segundo dados do Serasa Experian, em janeiro deste ano as dívidas não pagas de empresas subiram 5,1% em relação ao mesmo mês do ano passado, enquanto o índice dos consumidores aumentou 16,7%.

Pensando nisso, o escritório Carvalho, Fairbairn & Guidi Advogados criou um novo serviço de cobranças judiciais e extrajudiciais, a partir do modelo de call center. Julio Guidi, um dos sócios, explica que a vantagem é acoplar à abordagem não jurídica da dívida um conhecimento jurídico.

“A negociação extrajudicial conduzida pelo escritório auxilia na possibilidade de êxito quando o débito chegar aos tribunais”.

Além de ser mais rápida, a cobrança extrajudicial custa cerca de três vezes menos. Para atender à demanda crescente dos clientes, no final do ano o escritório montou uma central de call center. “O sistema automático permite trabalhar com clientes que necessitam fazer entre 10 mil e 20 mil cobranças”, diz Romer Carvalho, outro dos sócios.

Os advogados avaliam que, quanto mais recente a dívida, maior a taxa de sucesso. “Quando ela tem pouco mais de um mês, por exemplo, conseguimos resolver a situação em 90% dos casos sem precisar ir para a Justiça”, afirma. A margem de negociação, com descontos, parcelamentos, entre outros, é definida pelos clientes.

Também é possível orientar a condução dos trâmites, como ingressar com um processo judicial após falha na abordagem inicial. Os honorários seguem uma tabela regulada pelo valor e tempo de existência da dívida e são pagos apenas no êxito. “É uma segurança para os clientes de que nos empenharemos ao máximo no processo. Com isso, esperamos dobrar de tamanho até o final do ano”, conta Guidi.