Educação

Yduqs (YDUQ3) tem prejuízo 27,6% menor no 4º trimestre; base de alunos sobe com ensino digital

Receitas cresceram com segmento Premium e do Ensino Digital; receita base de alunos digitais subiu 120%, enquanto com presencial recuou

Por  Equipe InfoMoney -

A Yduqs (YDUQ3) registrou um prejuízo líquido de R$ 74,3 milhões no quarto trimestre do ano passado, uma perda 27,6% inferior à reportada um ano antes, de R$ 102,6 milhões.

Em termos ajustados, o resultado líquido representou um ganho de R$ 2,2 milhões, desempenho 97,6% pior na comparação anual, quando o lucro neste critério somou R$ 93,1 mihões.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) somou R$ 202,3 milhões, uma alta de 77,1%, com margem de 19,3%, aumento de 7,4 pontos porcentuais.

A Yduqs explica que o resultado líquido foi impactado por efeitos não recorrentes e por efeitos não caixa que somaram R$ 76,6 milhões no 4T21, além do incremento do Ebitda, puxado pelos negócios premium e digital.

Desse total, destaca a empresa, estão no Ebitda R$ 61,6 milhões no 4T21, sendo R$ 14,2 milhões referente ao ágio das aquisições e benfeitoria de bens de terceiros relacionados com imóveis devolvidos ou devolver contabilizados no 3T21 e R$ 0,8 milhões de IR e contribuição social.

Receitas do balanço da Yduqs

A receita líquida somou R$ 1,050 bilhão entre outubro e dezembro do ano passado, alta de 9,1% na comparação com igual etapa de 2020.

A Yduqs explica que contribuíram para este resultado os expressivos crescimentos do segmento Premium e do Ensino Digital.

Nesse período, a base de alunos digitais subiu 120%, para R$ 953 milhões em receita. O presencial recuou 12,8%, para 277,4 milhões.

O lucro bruto totalizou R$ 507,4 milhões no 4T21, incremento de 14% em relação ao mesmo trimestre de 2020.

Endividamento & Investimentos

A posição de caixa e disponibilidades da companhia encerrou o 4T21 em R$ 1,842 bilhão.

A dívida bruta(excluindo arrendamento mercantil) encerrou o trimestre em R$ 4,204 bilhões, um aumento de 20,5% na comparação ano a ano. Desconsiderando-se saldo do arrendamento mercantil da dívida bruta, relação dívida líquida/EBITDA ajustado (LTM) pelos efeitos não recorrentes foi 1,8x, contra 1,4x de um ano antes.

O Capex total da companhia totalizou R$ 543,8 milhões em 2021 (+17,3% a/a), com aumento de 30,7% a/a nos investimentos em transformação digital e tecnologia da informação, que já representam 42% do Capex total de 2021, seguido com os esforços da companhia em oferecer serviços educacionais cada vez mais modernos e inovadores.

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

Compartilhe