Novidades

XP Inc anuncia parceria com a Visa e lançará pacote de serviços financeiros

"É uma iniciativa que cria valor para a XP no longo prazo", afirmou Gabriel Leal, diretor executivo da XP Inc

arrow_forwardMais sobre
Guilherme Benchimol, durante IPO XP Inc
Guilherme Benchimol, durante IPO XP Inc (Foto: Matheus Detoni/Divulgação)

SÃO PAULO- A XP Inc informou nesta terça-feira (17) que fechou uma parceria com a empresa de pagamentos Visa para a emissão de cartões de débito e crédito. O lançamento dos produtos acontecerá ao longo de 2020. A novidade é a primeira de uma série de serviços financeiros que a XP Inc espera lançar ao longo deste ano.

“É uma iniciativa que cria valor para a XP no longo prazo”, afirmou Gabriel Leal, diretor executivo da XP Inc, durante a teleconferência de resultados da empresa.

A companhia informou que, desde o ano passado, criou uma equipe focada no design do produto, que agora trabalha em colaboração com a Visa para oferecer uma “oferta diferenciada aos clientes por meio do ‘XP Visa Infinite Card’”.

PUBLICIDADE

Ainda segundo a XP Inc, um de seus principais desafios de curto prazo é lançar um pacote completo de serviços financeiros, incluindo contas digitais, cartões de crédito e débito e empréstimos com garantia — produtos que a companhia espera colocar no mercado ainda em 2020. Para o próximo ano, a empresa informou que pretende lançar seguros.

“O objetivo é reter clientes, permitindo que eles consolidem totalmente seus investimentos com a XP Inc, e cortando seus vínculos com bancos comerciais, nos quais os clientes têm uma conta corrente e parte de seus investimentos”, afirmou Guilherme Benchimol, CEO da XP Inc, no relatório da divulgação de resultados.

Resultados Financeiros de 2019

A iniciativa consta do relatório de resultados financeiros da XP Inc., divulgado hoje. A companhia informou nesta terça-feira que teve uma receita bruta de R$ 5,5 bilhões em 2019, alta de 73% na comparação com 2018. Já o lucro líquido ajustado chegou a R$ 1,1 bilhão — um crescimento de 119%.

O valor de ativos sob custódia cresceu 103%, para R$ 409 bilhões, enquanto a base de clientes ativos teve alta de 91%, chegando a 1,7 milhão.

“Estamos mais confiantes do que nunca de que este é apenas o começo de nossa jornada, com um enorme e concentrado mercado brasileiro, oferecendo oportunidades significativas no futuro”, afirmou Benchimol.

A XP Inc também informou que acredita que a crise atual provocada pelo coronavírus está “apenas no começo”, mas que, com mais de R$ 7 bilhões no caixa, está capitalizada para enfrentar a turbulência.