Temporada de balanços

WEG (WEGE3) lucra R$ 912,9 milhões no 2º trimestre, queda de 19,5% na base anual

Já a receita líquida somou R$ 7,185 bilhões no 2T22, alta de 25% na comparação com igual etapa de 2021

Por  Felipe Moreira -

A WEG (WEGE3) registrou lucro líquido de R$ 912,9 milhões no segundo trimestre de 2022 (2T22), desempenho 19,5% inferior ao registrado em igual etapa de 2021.

“O lucro líquido foi positivamente impactado no 2T21 pelo reconhecimento dos créditos tributários referentes à exclusão do ICMS da base de cálculo do PIS e COFINS. Desconsiderando estes efeitos não recorrentes [no 2T21], o lucro líquido [do 2T22] teria apresentado crescimento de 6,6% quando comparado com o mesmo período do ano anterior, com uma margem líquida 2,2 pontos percentuais menor”, explica a empresa.

O lucro antes juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado caiu 9,8% no 2T22, totalizando R$ 1,256 bilhão.

Já a margem Ebitda (Ebitda sobre receita líquida) ajustada atingiu 17,5% entre abril e junho, baixa de 6,7 pontos percentuais (p.p.) frente a margem registrada em 2T21.

A receita líquida somou R$ 7,185 bilhões no 2T22, alta de 25% na comparação com igual etapa de 2021, sendo 41,1% no mercado interno e 11,9% no mercado externo.

O retorno sobre capital investido (ROIC, na sigla em inglês) foi de 26,9% no segundo trimestre deste ano, recuo de 5,3 p.p. na comparação com segundo trimestre de 2021

A margem bruta foi de 27,4% no 2T22, baixa de 3 p.p. frente a margem do 2T21.

Segundo a WEG, aumentos nos custos das principais matérias-primas que compõem sua estrutura de custos, notadamente o aço e o cobre, em conjunto com a alteração no mix de produtos e o aumento dos custos com energia e frete, foram os principais fatores que contribuíram para a redução das margens operacionais em relação ao 2T21.

As despesas gerais e administrativas somaram R$ 721,1 milhões no 2T22, um crescimento de 13,2% em relação ao mesmo período de 2021.

Os investimentos somaram R$ 226,1 milhões no 2T22 e foram direcionadas para modernização e expansão de capacidade produtiva, máquinas e equipamentos e licenças de uso de softwares.

Em 30 de junho de 2022, o caixa líquido da WEG era de R$ 265,3 milhões, um recuo de 90,3% na comparação com a mesma etapa de 2021.

Procurando uma boa oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje.

Compartilhe