Washington Mutual processa FDIC e exige o pagamento de US$ 13 bilhões

Falida, instituição financeira acusa órgão estatal de erros durante venda de operações bancárias ao JPMorgan Chase

Equipe InfoMoney

Publicidade

SÃO PAULO – O Washington Mutual, uma das instituições financeiras que sucumbiu perante a crise do sistema bancário nos Estados Unidos, decidiu processar a FDIC – órgão que assegura os depósitos no país – por supostas perdas de US$ 13 bilhões.

Os representantes legais do banco acusam a agência do governo de ter escondido sua desaprovação aos pedidos realizados durante a crise, fator que teria disparado o pedido de concordata da empresa em setembro do último ano.

Valor indevido

O processo também acusa a FDIC de ter sido descriteriosa ao concordar com o preço pago pelo JPMorgan Chase, que adquiriu as operações bancárias do Washington Mutual pelo valor de US$ 1,9 bilhão – considerado irrisório.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

A empresa remanescente requer indenização no valor de US$ 6,5 bilhões por conta de contribuições ao capital realizadas desde fins de 2007, perdidas durante a operação de venda após a falência.

Ademais, o Washington Mutual exige a devolução de US$ 4 bilhões em ativos que teriam sido transferidos erroneamente para a unidade vendida ao JPMorgan Chase.