Análise Técnica

Wagner Caetano lucra mais R$ 78,5 mil com Ibovespa Futuro, eleva exposição em JBS e vê ação em R$ 8,84

Somados aos R$ 159 mil que fez na segunda semana de julho, o trader acumula ganhos de R$ 237,5 mil em 6 pregões de operações no índice, usando sua nova estratégia "Pendulo"

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO –  Usando a estratégia que batizou de “Pêndulo”, o trader profissional Wagner Caetano embolsou mais R$ 78,5 mil de lucro com operações no Ibovespa Futuro na semana passada. Somados aos R$ 159 mil que fez no período anterior (veja aqui), os ganhos já somam R$ 237,5 mil no índice. Uma parte do dinheiro, conta, ele aproveitou para aumentar sua exposição em ações da JBS (JBSS3) – posição que tem desde o ano passado e ainda está no vermelho -, reduzindo assim seu preço médio no papel, que passou de R$ 8,80 para R$ 8,69. Nesta quinta-feira, a ação fechou cotada a R$ 7,90.

Segundo ele, o aumento da posição nas ações do frigorífico foi feito na semana passada, quando o papel passava por uma acumulação na bolsa, totalizando agora cerca de 65 mil ações JBSS3. No entanto, com a forte movimentação dessa semana, alguns fatores técnicos contribuíram para uma leitura ainda mais positiva. Para o trader, a ação deve testar os R$ 8,16 no curto prazo, mas com espaço para subir até os R$ 8,64 ou mesmo os R$ 8,84. 

Dos pontos técnicos, o Caetano cita: volume financeiro acima da média nos últimos dois pregões; um teste feito na segunda-feira do topo anterior protegido pela MME (Média Móvel Exponencial) de 21 períodos como suporte, na região de R$ 6,93; no pregão de ontem, o rompimento da MME de 5 períodos, de um pivot de alta aos R$ 7,38 e de uma figura denominada triângulo simétrico; além de um “gap” deixado na quarta-feira, que, para ele, tem tudo para ser de fuga, dando impulso para a ação (veja o gráfico ao final desta matéria).

PUBLICIDADE

3 dias de operações no Ibovespa Futuro: R$ 78,5 mil de lucro
Além do aumento de exposição em JBS, Caetano conta que, apesar da movimentação mais “contida” do índice na semana passada (queda de 1,5% x alta de quase 5% no período anterior), conseguiu embolsar lucros de suas operações no Ibovespa Futuro, usando sua nova estratégia “Pêndulo” (veja aqui).  

Foram 3 dias de operações (19, 20 e 21 de julho) que renderam ao trader ganhos de R$ 78,5 mil (as boletas estão disponibilizadas ao final da matéria). “Operei predominantemente na venda, aproveitando a correção no tempo, mais lenta, quase lateral, dentro da pernada de baixa”, comenta.

Segundo ele, o padrão de pinça de topo indicado pelos candles dos dias 14 e 17 de julho foi um dos motivadores para sua visão baixista para o índice. Segundo ele, se a venda pesar, a MME de 21 períodos e a própria linha de tendência de alta pontilhada em azul (no gráfico do Ibovespa Futuro) devem servir como referência. Pelo lado da compra, ele aponta para uma possibilidade de formação de mastro-bandeira. 

Para o trader, as retrações de Fibonacci entre o último fundo de 62.615 pontos marcado no dia 7 de julho e o último topo de 66.180 pontos, deixado dia 14 de julho, podem servir como referência para os próximos desdobramentos do mercado, uma vez que são suportes naturais. 

Veja abaixo os gráficos traçados pelo analista:

Ibovespa Futuro

PUBLICIDADE

JBS

Abaixo, as boletas com as operações no Ibovespa Futuro:

Nota de corretagem do dia 19/07

Nota de corretagem do dia 20/07

Nota de corretagem do dia 21/07