Dividendos

Vendo aumento de receita, Ativa recomenda Cielo em portfólio defensivo

Para corretora, incremento das vendas no varejo, quanto pelo aumento do volume de pagamento em cartões sobre o consumo das famílias calibrará margens da empresa

SÃO PAULO – A Ativa Corretora trocou os papéis da Comgás (CGAS5) pelos da Cielo (CIEL3) na carteira de ações com perfil defensivo recomendada para este mês. A corretora avalia que, entre os principais gatilhos para a empresa está o crescimento do volume total de transações, que será impulsionado tanto pelo aumento das vendas no varejo, quanto pelo aumento do volume de pagamento em cartões sobre o consumo das famílias.

“Optamos por incluir as ações de Cielo na nosso portfólio defensivo em função das perspectivas bastante favoráveis para o setor de cartões, além do seu perfil estável, justificado pela forte geração de caixa e alto pagamento de dividendos”, escreveu a equipe, em relatório.

De acordo com os analistas da corretora, o fechamento de capital da Redecard tornou a Cielo o único veículo de exposição ao setor, que vem sofrendo uma mudança na sua dinâmica competitiva, com a entrada de novos players e a mudança de postura da controlada do Itaú.

Eles adicionam que, apesar disso, ainda acreditam nos fundamentos da empresa, líder de mercado, que, associada à forte capacidade de distribuição de seus controladores (Banco do Brasil e Bradesco), é capaz de captar esse crescimento do mercado nos próximos anos.

Performance
Em novembro, a carteira defensiva da corretora apresentou queda de 0,92% ante alta de 0,71% do Ibovespa. No saldo anual, o portfólio registra retorno de 7,27% perante acréscimo de 1,31% do principal termômetro da bolsa.

Confira as recomendações para dezembro:

EmpresaCódigoPeso

Dividendo

Yield esperado

Performance

anual

CCRCCRO325%3,2%56,6%
CoelceCOCE525%8,4%14,1%
CieloCIEL325%5,1%42,3%
EquatorialEQTL325%4,7%42,4%

PUBLICIDADE