Congresso dos EUA

Vamos submeter proposta de pagamentos de US$ 2 mil a americanos à votação, diz Pelosi

Segundo a presidente da Câmara, o plenário usará o dispositivo do voto consensual, em que basta que nenhum deputado se oponha para ser aprovado

Em carta a democratas, a presidente da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, informou que pretende submeter a proposta de pagamentos diretos de US$ 2 mil a americanos à votação na quinta-feira, 24.

Segundo ela, o plenário usará o dispositivo do voto consensual, em que basta que nenhum deputado se oponha à matéria para que ela seja aprovada.

A manobra de Pelosi acontece após o presidente americano, Donald Trump, surpreender até mesmo correligionários ao revelar, em publicação no Twitter ontem, que pode não sancionar o pacote de US$ 900 bilhões aprovado na segunda-feira pelo Congresso. O republicano, que tinha se afastado das negociações, reclamou do fato de a legislação incluir apenas US$ 600 para os cidadãos.

Na carta aos colegas do partido, Pelosi se mostrou surpresa com a manifestação do presidente e disse que, durante as discussões com as lideranças da legenda governista, perguntou diversas vezes qual era a proposta da Casa Branca para o valor dos pagamentos.

“E eles responderam com um silêncio semelhante ao de uma Esfinge. Nas negociações, eles nunca ultrapassariam US$ 600 e, em alguns casos, propuseram US$ 500”, alegou.

Quer migrar para uma das profissões mais bem remuneradas do país e ter a chance de trabalhar na rede da XP Inc.? Clique aqui e assista à série gratuita Carreira no Mercado Financeiro!