Conteúdo editorial apoiado por
IM Trader

VALE3 e PETR4? O que esperar do diferencial de preços pela análise técnica?

Ações da Petrobras avançam mais de 85% em 2023 e as da Vale caem 10%

Rodrigo Petry

Publicidade

Enquanto as ações da Petrobras (PETR4) se destacam entre as maiores altas do Ibovespa em 2023, com ganhos acumulados de quase 85%, as ações da Vale (VALE3) ainda seguem no terreno negativo, com perdas de 10,3%.

O diferencial de preços teve uma redução neste trimestre, quando a Vale avançou 12,5%, por conta da recente valorização do preço do minério, e os papéis da Petrobras subiram menos (+5,9%).

Para Rodrigo Cohen, analista e co-fundador da Escola de Investimentos, as ações da Petrobras vinham em tendência de alta, bem grande, acompanhando os preços do petróleo no mercado internacional.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Depois, passaram a operar de forma mais lateral, com a linha roxa no gráfico abaixo apontando para uma região de suporte. 

“Se o petróleo voltar a subir, como aconteceu nos últimos dias, há perspectiva, graficamente, de a Petrobras seguir subindo”, disse.

No caso da Vale (veja gráfico abaixo), a ação vinha em queda ao longo do ano, mas se recuperou recentemente, com uma retomada do preço do minério. 

“Agora, nos últimos pregões, os papéis passam por um movimento de correção, como mostra a figura gráfica de bandeira, o que pode indicar que suba em seguida”, aponta.  

VALE3 e PETR4: O que esperar?

Agora, ao analisar o desempenho conjuntamente dos dois ativos, qual conclusão podemos tirar? 

No gráfico abaixo, é extraído o valor da Vale (cujo preço é maior) e subtraído pelo da cotação da Petrobras (que tem preço nominal menor).

“Se for perceber, temos três topos, que a Vale fez e depois ela caiu, foi lá embaixo; lá no fundo, naquele candle bem vermelhinho lá no fundo. Quando está no topo a diferença entre as duas é muito grande, Vale está muito cara e Petrobras está muito barata”, aponta Cohen.

Segundo ele, quando se vê o diferencial lá no fundo, é o contrário. Ou seja, o preço das duas está muito próximo, estando mais “barata a indexação das duas”.

“Então a gente consegue ver que o preço agora não está numa fase tão longa, assim, de diferença entre as duas. Está no meio do caminho, até mais pra baixo do que o normal. Portanto, atualmente a diferença entre Petrobras e Vale não é tão alta assim.”

Para Cohen, considerando que o preço do petróleo realmente caia e do minério suba, “aí sim essa diferença vai aumentar.”

Assim, acrescenta ele, o “gráfico de Vale menos Petro vai começar a cair de novo”. 

“Mas a diferença já esteve maior, pelo gráfico semanal, uns dois meses atrás. E agora não está tão grande assim”, completa.