Vale nega decisão sobre sucessão de CEO, Petz e Hidrovias têm mudanças acionárias relevantes

Confira os principais destaques do noticiário corporativo desta terça-feira (20)

Felipe Moreira

Publicidade

O radar corporativo desta terça-feira (20) traz a Vale (VALE3), que informou que não houve qualquer decisão sobre o processo de sucessão do atual presidente da companhia. Já Petz (PETZ3) e Hidrovias Brasil (HBSA3) anunciaram mudanças acionárias.

O Carrefour Brasil (CRFB3) teve lucro ajustado de R$ 520 mi no 4º trimestre, queda de 5,4%. A Braskem (BRKM5) registrou queda de 9% na venda de resinas no Brasil no 4º trimestre. A Itaúsa (ITSA4) aprovou o pagamento de dividendos e JCP no valor de R$ 5,6 bilhões. Já a Hypera (HYPE3) aprovou a distribuição de JCP no montante de R$ 61,6 milhões.

Confira mais destaques:

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Vale (VALE3)

A sucessão na Vale (VALE3) continua sem definição, conforme a mineradora informou nesta segunda-feira (19) em esclarecimentos à Comissão de Valores Mobiliários (CVM). O anúncio ocorre após a companhia ter sido questionada pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) sobre uma notícia veiculada pelo jornal Valor Econômico. Segundo a publicação, no último dia 15 de fevereiro, o conselho de administração da Vale teria realizado uma reunião extraordinária para debater sobre o processo de sucessão ou renovação do presidente, mas não teria chegado a um acordo sobre o tema.

“A companhia reitera que não houve qualquer decisão tomada por seu Conselho de Administração quanto à eventual renovação do mandato do Presidente em exercício, com término previsto em 26 de maio de 2024, ou à realização de processo sucessório, motivo pelo qual a companhia entendeu não ser necessária comunicação ao mercado”, diz o fato relevante.

Metalfrio (FRIO3)

A Metalfrio informou, que, na última segunda-feira, foi concluído o aumento de capital da companhia, aprovado pela Assembleia Geral Extraordinária realizada em 18 de dezembro de 2023, com sua consequente homologação pelo Conselho de Administração da Companhia, no montante de R$743 milhões, mediante emissão de 2.179.539 de ações.

Continua depois da publicidade

Petz (PETZ3)

O CEO da Petz (PETZ3), Sergio Zimerman, informou que a sua participação acionária ultrapassou o patamar de 10% envolvendo instrumentos derivativos referenciados em ações da Petz, de liquidação exclusivamente financeira.

Hidrovias do Brasil (HBSA3)

O Morgan Stanley atingiu posição equivalente a 4,9% do número total de ações ordinárias da companhia, correspondente a (i) 37.896.862 ações ordinárias de emissão da companhia sob sua titularidade; e 84.000 referente a instrumento Financeiro Derivativo com previsão de Liquidação Física – Posição Comprada.

Americanas (AMER3)

A Americanas adiou novamente a divulgação dos resultados trimestrais da companhia dos períodos findos em 31 de março de 2023, 30 de junho de 2023 e 30 de setembro de 2023, marcada para esta segunda-feira (19), para a próxima segunda-feira (26), antes da abertura de mercado. A previsão inicial era 29 de dezembro.

Segundo a varejista, apesar do trabalho de elaboração das ITRs/23 já estar finalizado e dos procedimentos de auditoria terem sido substancialmente concluídos, ainda não foi possível cumprir todo o rito interno de aprovação previsto na governança da companhia.

No dia 26 fevereiro, a Americanas conduzirá um conference call, aberto para seus investidores e mercado em geral.

Braskem (BRKM5)

A Braskem (BRKM5) registrou queda de 9% no volume de vendas de resinas no Brasil no quarto trimestre do ano passado contra um ano antes, para 785 mil toneladas, dado que um maior volume de polietileno foi vendido no último trimestre de 2022 devido a uma demanda maior nesse período.

Carrefour Brasil (CRFB3)

O Carrefour Brasil (CRFB3) divulgou lucro líquido ajustado (desconsiderando outras receitas e despesas e o correspondente efeito financeiro e tributário) de R$ 520 milhões no quarto trimestre de 2023, uma queda de 5,4% em relação ao mesmo período de 2022.

Itaúsa (ITSA4)

O Conselho de Administração da Itaúsa (ITSA4) aprovou o pagamento de dividendos adicionais aos proventos do exercício de 2023 no montante de R$ 3,1 bilhões, correspondente ao valor de R$ 0,3005 por ação. Os proventos serão pagos em 8 de março de 2024 e terão como data-base a posição acionária final do dia 22 de fevereiro de 2024.

A holding também vai pagar, em 8 de março de 2024, os juros sobre o capital próprio no montante líquido de R$ 2,5 bilhões, correspondente ao valor bruto de R$ 0,2989 por ação.