Balanço do 2º tri

Usiminas reverte prejuízo e lucra R$ 4,5 bilhões no 2º trimestre, recorde trimestral; siderúrgica atualiza projeções

Receita líquida também foi recorde no período, de R$ 9,6 bilhões, alta de 35,8% em relação ao primeiro trimestre do ano

SÃO PAULO – A Usiminas (USIM5) registrou lucro líquido de R$ 4,5 bilhões no segundo trimestre de 2021, revertendo o prejuízo líquido de R$ 395 milhões apurado no mesmo período do ano anterior. O resultado representa um aumento de 277% ante o trimestre anterior (de R$ 1,2 bilhão nos primeiros três meses de 2021) e é um lucro recorde trimestral para a companhia.

De acordo com os resultados, divulgados nesta sexta-feira (30), antes da abertura do pregão, a receita líquida da Usiminas alcançou R$ 9,6 bilhões no período, alta de 35,8% em relação ao primeiro trimestre do ano, quando registrou receita de cerca de R$ 7,06 bilhões. Na comparação anual, a alta foi de 296%; no segundo trimestre de 2020, a siderúrgica registrou receita de R$ 2,42 bilhões.

O dado também representou a maior receita líquida trimestral da Usiminas, em meio ao aumento de receita em todas as unidades de negócio, em especial a de siderurgia, com alta de R$ 2 bilhões.

Entre abril e junho, o lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações (Ebitda) ajustado ficou em R$ 5,1 bilhões, 109,3% acima do apurado no trimestre anterior e com alta de 2.543% na comparação anual. A margem Ebitda ajustada, por sua vez, foi de 52,8%, alta de 19 pontos percentuais frente a 34,2% nos primeiros três meses de 2021 e de 45 pontos frente os 8% do segundo trimestre de 2020.

De acordo com a companhia, os principais efeitos não recorrentes no segundo trimestre somaram R$ 1,5 bilhão e são relativos à exclusão do ICMS na base de cálculo do PIS e da Cofins.

Com relação às vendas, a Usiminas vendeu 1,32 milhão de toneladas de aço no período – o maior volume desde o terceiro trimestre de 2014. Apenas no mercado doméstico, foram 1,25 milhão de toneladas vendidas, o maior volume desde os primeiros três meses de 2014.

Já as vendas de minério de ferro somaram R$ 2,1 milhões de toneladas.

Ontem, os papéis USIM5 fecharam o pregão com alta de 3,22%, a R$ 20,84. No acumulado ano, as ações sobem 43,5%, ante alta de 5,6% do Ibovespa.

Atualização de projeções

A Usiminas também atualizou suas projeções para o volume de venda de aço para o terceiro trimestre de 2021 e agora espera um volume entre 1,2 e 1,3 milhões de toneladas.

PUBLICIDADE

A companhia também anunciou o investimento na unidade de mineração, passando de R$ 90 milhões para R$ 120 milhões no projeto de filtragem e empilhamento a seco, bem como um aumento de R$ 30 milhões, para R$ 160 milhões, no investimento em sustaining, saúde, segurança e meio ambiente, sem alteração nos investimentos totais da Usiminas, que permanecem em R$ 250 milhões e R$ 1,5 bilhão, respectivamente.

A Usiminas também revisou suas projeções de volume de vendas de minério de ferro em 2021, do intervalo de 8,5 e 9 milhões de toneladas, para apenas 9 milhões de toneladas.

Já as projeções de despesas financeiras líquidas para 2021 passaram de R$ 300 milhões para R$ 200 milhões.

Transformar a Bolsa de Valores em fonte recorrente de ganhos é possível. Assista a aula gratuita do Professor Su e descubra como.