Energisa (ENGI11) fecha em queda de mais de 5%; empresa confirma intenção de follow-on de R$ 2 bi

A empresa de energia afirmou que o acionista controlador, Gipar, já manifestou intenção de acompanhar o aumento de capital

Equipe InfoMoney

Publicidade

As units da Energisa (ENGI11) foram destaque de queda do Ibovespa nesta quinta-feira (18), com baixa de 5,34%, a R$ 49,99, em meio a notícias de follow-on que foram confirmadas nesta tarde em comunicado pela companhia.

A companhia anunciou nesta quinta-feira que está trabalhando em documentação para uma “possível realização” de oferta pública primária de ações ordinárias e preferenciais, follow on, mirando uma captação de cerca de R$ 2 bilhões.

A empresa de energia afirmou que o acionista controlador, Gipar, já manifestou intenção de acompanhar o aumento de capital na proporção de sua participação na companhia, de 27,7%. A companhia afirmou em fato relevante ao mercado que contratou Itaú BBA, BofA, Bradesco BBI, BTG Pactual, Citi, JPMorgan, Santander e Scotiabank para assessorarem a operação.

Treinamento Gratuito

Manual dos Dividendos

Descubra o passo a passo para viver de dividendos e ter uma renda mensal previsível, começando já nas próximas semanas

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

A empresa espera lançar a “potencial oferta” após o encerramento do pregão de sexta-feira. Porém, afirmou que “até o momento não há definição a respeito do efetivo lançamento” da oferta. A destinação dos recursos da potencial oferta não foi informada no fato relevante.

Mais cedo, o Valor Econômico havia informado que a Energisa estava preparando uma oferta subsequente de ações.

(com Reuters)