Resultados

Uber desacelera e chega a mais um prejuízo trimestral bilionário

Crescimento da receita foi menor no 3º trimestre do que nos outros quartos de 2018; prejuízo caiu de US$ 1,46 bilhão para US$ 1,07 bilhão nos últimos 12 meses

arrow_forwardMais sobre
Pessoa segurando um celular com o aplicativo do Uber aberto
App do Uber
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A Uber apresentou uma forte desaceleração de crescimento no 3º trimestre de 2018, segundo os resultados divulgados nesta quinta-feira (15). A receita registrada no período foi de US$ 2,95 bilhões, alta de 39% em relação ao mesmo período de 2017; no 1º e 2º trimestres do ano, entretanto, essa alta foi de 70% e 63%, respectivamente.

O prejuízo da empresa caiu 27%, mas segue alto: ele foi de US$ 1,07 bilhão entre julho e setembro, frente ao US$ 1,46 bilhão do ano passado.

Por não ser uma empresa aberta, a Uber divulga poucas informações sobre seus resultados, mas como uma “preparação” para seu IPO, que está previsto para 2019, começou a fazê-lo no final do ano passado.

Aprenda a investir na bolsa

Em comunicado, ela justificou que os números do trimestre são reflexo de “grandes investimentos em outras áreas feitos nos últimos meses”, como nos setores de transporte de cargas pesadas, bicicletas e scooters. Essa expansão também visa um melhor desempenho da empresa em seu IPO. “Tivemos outro trimestre forte para um negócio do nosso tamanho e com alcance global”, disse o diretor financeiro da empresa, Nelson Chai, no comunicado.

Analistas de bancos norte-americanos avaliam a Uber em até US$ 120 bilhões, o dobro do valor que a empresa obteve em rodada de investimentos dois meses atrás e mais do que vale a Ford, a Chrysler Fiat e a General Motors. O IPO é um dos mais esperados dos últimos anos. 

Invista melhor o seu dinheiro. Abra sua conta na XP Investimentos.