Aviação

Tráfego aéreo internacional avança com recuperação mista

O tráfego subiu em setembro, numa recuperação mista liderada por companhias aéreas da China, América Latina e Oriente Médio

arrow_forwardMais sobre

GENEBRA – O tráfego internacional de passageiros aéreos avançou em setembro, numa recuperação mista liderada por companhias aéreas da China, América Latina e Oriente Médio, informou nesta sexta-feira a Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA, na sigla em inglês).

O tráfego subiu 4,9 por cento comparado com o ano anterior, com a indústria vivenciando uma recuperação em dois níveis diferentes. As companhias aéreas europeias ficaram presas num “crescimento não lucrativo”, e as norte-americanas operaram num “ambiente de crescimento lento ou estabilidade”, afirmou o órgão sediado em Genebra, Suíça.

Por outro lado, o fortalecimento na China, América Latina e Oriente Médio significou que o tráfego nessas regiões cresceu em todos os meses deste ano, apesar de a taxa ter desacelerado em relação à média de 8,1 por cento registrada no primeiro trimestre.

O tráfego aéreo internacional de carga avançou 0,5 por cento ante setembro de 2011, informou a IATA.

Para este ano, as companhias aéreas estão a caminho de uma margem de lucro líquido global de apenas 0,6 por cento, de acordo com o presidente-executivo da Associação, Tony Tyler.

A IATA representa 240 companhias aéreas, que juntas respondem por mais de 80 por cento do tráfego aéreo mundial.