Conteúdo editorial apoiado por
IM Trader

Trade: Mini-Índice (WINFUT) pode seguir movimento corretivo no curto prazo, aponta análise técnica

Movimento de realização de lucros segue após disparada no final do ano passado

Rodrigo Petry

Publicidade

Os contratos futuros de mini-índice (WINFUT) passam por um movimento corretivo neste começo de 2024, com queda de cerca de 5,5%, após o rali do final do ano passado, quando saltaram da faixa de suporte nos 115.350 pontos (31/10) até atingir o topo na faixa de 136.100 pontos

Nesta segunda-feira (22), os contratos abriram próximos da estabilidade, aos 128,3 mil pontos. Para o analista técnico Rodrigo Paz, com base no gráfico do WINFUT, é possível notar essa força vendedora, neste começo de 2024, “o que é normal, após sequência altista”, acrescentando que a realização “ainda pode se estender.” 

Conforme ele, o fechamento da última semana mostrou potencial para um “repique no curto prazo”, já que é possível notar que, ao tocar zona de suporte, “entrou certa força compradora, no WINFUT, buscando manter o índice acima desta faixa, de 127.800 pontos.” 

Treinamento Gratuito

Manual dos Dividendos

Descubra o passo a passo para viver de dividendos e ter uma renda mensal previsível, começando já nas próximas semanas

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

“Caso siga esse potencial repique os primeiros alvos estão na faixa das médias curtas nos 130.370 e nos 132.770. Caso rompa estas médias, o alvo então será nos 136.100, região que, se rompida, tende a intensificar ainda mais o fluxo comprador”, acrescentou. 

O ponto de atenção do contrato fica na faixa de suporte que segurou, nos 127.800, pois, caso perca, poderá buscar reversão no curto prazo, com objetivo na faixa de médias nos 126.300/ 123.400, com alvo mais longo no suporte na faixa dos 115.350 pontos.   

Confuso sobre o que é suporte e o que é resistência? Confira nosso guia sobre análise técnica

Análise técnica: Mini-índice

Pelo gráfico de 60 minutos, aponta Paz, podemos notar que o índice opera em tendência de baixa, com médias para baixo, com exceção da média de 9, que começa a inclinar para cima. 

“Com as fortes baixas recentes, há espaço para repique. Para isso, é necessário que o índice se mantenha acima das médias curtas, para então buscar alvos na faixa de 130.380, 132.700, com alvo mais longo nos 136.000 pontos.” 

Entretanto, assina ele, vale “muita atenção a tendência principal”, que é de baixa, pois, caso perca a mínima nos 127.295, tende a buscar faixas mais baixas. Nesse sentido, os alvos são 124.000/ 121.570, com alvo mais longo na faixa de 119.800 pontos.   

Gráfico 60 minutos WINFUT. Fonte: Nelogica. Elaboração: Rodrigo Paz

Confira aqui mais conteúdos do InfoMoney sobre análise técnica!