Tesouro Direto tem em 2010 melhor resultado desde 2003, com vendas de R$ 2,2 bilhões

Crescimento do volume financeiro em relação ao ano anterior foi de 43,07%, com elevada demanda por títulos prefixados

Tainara Machado

Publicidade

SÃO PAULO – O Tesouro Nacional divulgou nesta sexta-feira (28) os resultados de seu programa de aquisição de títulos públicos pela internet no último ano. O volume financeiro vendido no Tesouro Direto totalizou R$ 2,236 bilhões em 2010, um expressivo aumento de 43,07% em relação ao observado no período anterior, constituindo assim o melhor resultado do programa desde 2003. 

Ainda no último ano, o número de investidores cadastrados atingiu 214.657, patamar que representa um aumento de 22,9% sobre o total acumulado em 2009 e um total de 39.999 novos investidores em 2010.

Entre os títulos mais demandados no período, destaque aos prefixados (LTN e NTN-F), que representaram 44,9% do volume vendido. Papéis indexados a índice de preços figuraram na segunda posição entre os mais vendidos na classificação geral, com participação de 42,8% no total das vendas.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Tempo e montante da poupança
De acordo com o Tesouro Nacional, os títulos mais vendidos no último ano foram as LTN, que corresponderam a um total de 35,4% das vendas. A instituição ainda chamou atenção ao fato de que 27,56% do total das aquisições de títulos são centradas em papéis com vencimento superior a 5 anos, “reafirmando o papel do Tesouro Direto como opção de poupança de médio e longo prazo”. 

Ainda assim, a larga maioria, ou 66,6%, aplicam em títulos com prazos entre 1 e 5 anos. Também vale destacar que 56,4% dos aplicadores no Tesouro Direto aportam quantias que não superam os R$ 5.000,00, evidenciando o papel do programa como alternativa de investimento para o pequeno poupador. 

Confira os números de emissões:

Continua depois da publicidade

Pré-fixados Volume Financeiro
(em R$ milhões)
Participação
LTN 792,24 35,44%
NTN-F 210,99 9,44%
Indexados à Taxa Selic Volume Financeiro
(em R$ milhões)
Participação
LFT 274,57 12,28%
Indexados ao IPCA Volume Financeiro
(em R$ milhões)
Participação
NTN-B 479,27 21,44%
NTN-B Principal 478,55 21,41%
Total 2.235,62 100%

Avanço nos estoques
O estoque total do Tesouro Direto alcançou o valor de R$ 4,653 bilhões, o que representa um aumento de 42,4% sobre o ano anterior. Os títulos com maior volume no estoque foram aqueles remunerados por índices de preços, cuja participação atingiu 48,86%.