Temporada de resultados

Telefônica Brasil lucra R$ 1,3 bilhão no 2º tri e exalta expansão da Vivo Fibra

Segundo a administração, a base de clientes totalizou 97 milhões de acessos, cinco milhões a mais do que no segundo trimestre de 2020

Por  Ricardo Bomfim

SÃO PAULO – A Telefônica Brasil (VIVT3), dona da marca Vivo, lucrou R$ 1,345 bilhão no segundo trimestre de 2021, segundo dados informados pela própria companhia nesta terça-feira (27). O número representa um crescimento de 20,9% em relação ao mesmo período do ano passado.

Já o Lucro Antes de Juros, Impostos, Depreciações e Amortizações (Ebitda, na sigla em inglês) Recorrente da empresa totalizou R$ 4,226 bilhões, valor 3% acima do registrado no segundo trimestre de 2020.

A receita da Telefônica, por sua vez, chegou a R$ 10,649 bilhões, o que representa 3,2% de crescimento na base anual de comparação.

Segundo a administração, a base de clientes totalizou 97 milhões de acessos, cinco milhões a mais do que no segundo trimestre de 2020.

No negócio de fibra óptica, a companhia chegou a 77 cidades, adicionando 4,3 milhões de casas passadas.

“Ao final do trimestre, somamos 17,3 milhões de casas passadas distribuídas em 293 cidades. Em julho de 2021, a FiBrasil, empresa de rede neutra de fibra por atacado criada em conjunto com a Tef Infra e CDPQ, iniciou sua operação com o objetivo de expandir a cobertura de fibra no Brasil. Essa capilaridade nos permite acelerar o volume de clientes conectados, aumentando a taxa de penetração da rede e, consequentemente, capturando o retorno dos investimentos”, comenta a gestão.

Transformar a Bolsa de Valores em fonte recorrente de ganhos é possível. Assista a aula gratuita do Professor Su e descubra como.

Compartilhe