Temporada de balanços

Tecnisa (TCSA3) amplia prejuízo para R$ 45 milhões no 3º trimestre de 2021

A receita líquida operacional caiu 57%, passando de R$ 59,0 milhões no terceiro trimestre de 2020 para R$ 25,4 milhões

Por  Felipe Alves -

A Tecnisa (TCSA3) somou prejuízo líquido de R$ 45,0 milhões no terceiro trimestre de 2021, ampliando o prejuízo em 27,2% no comparativo anual. O prejuízo foi de R$ 35,3 milhões no mesmo período de 2020.

O lucro antes de juros, amortizações e depreciações (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado também piorou – caiu 79,8%. Assim, passou de – R$ 11,0 milhões no terceiro trimestre de 2020 para – R$ 19,9 milhões no terceiro trimestre de 2021.

A margem Ebitda (Ebitda sobre receita líquida) ajustada caiu de -18,8% para -78,4%.

A receita líquida operacional caiu 57%. Assim, passou de R$ 59,0 milhões no terceiro trimestre de 2020 para R$ 25,4 milhões ao fim do terceiro trimestre deste ano.

No período a Tecnisa apresentou um resultado financeiro líquido de – R$ 17,8 milhões. Ou seja, aumento de 47% em relação aos – R$ 12,1 milhões do segundo trimestre de 2021 e aumento de 232% em relação aos – R$ 5,4 milhões registrados no terceiro trimestre de 2020.

A geração de caixa do período, medida pela variação da dívida líquida, totalizou R$ 14 milhões no terceiro trimestre de 2021.

Distratos têm redução de 70%

Os distratos no período somaram R$ 3 milhões, redução de 70% em relação ao terceiro trimestre de 2020 e de 45% em relação ao segundo trimestre deste ano. No acumulado do ano, os distratos somam R$ 10 milhões, representando redução de 56% em relação aos nove meses do ano passado.

A provisão para distratos encerrou o terceiro trimestre deste ano em R$ 33 milhões, aumento de 6% sobre o trimestre anterior e queda de 42% em relação ao terceiro trimestre de 2020.

Os lançamentos da empresa somaram R$ 287,9 milhões. No terceiro trimestre do ano passado, a companhia não havia apresentado produtos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Para este ano, a Tecnisa tem um projeto de lançamentos com Valor Geral de Vendas (VGV) de R$ 220 milhões.

Despesas com vendas crescem 36%

As despesas com vendas no terceiro trimestre deste ano foram de R$ 9 milhões, representando 36% da receita líquida. Para efeitos comparativos, as despesas com vendas no 3T20 e no 2T21 foram de R$ 5 milhões e R$ 6 milhões, representando 8% e 10% da receita líquida, respectivamente.

Segundo a Tecnisa, o indicador apresentou aumento em razão de gastos com estandes de venda e despesas de publicidade, dado o aumento no volume de lançamentos, além da redução da receita operacional líquida.

Caixa da Tecnisa cai 37%

A Tecnisa encerrou o terceiro trimestre de 2021 com uma posição consolidada de caixa (Disponibilidades e Aplicações Financeiras) de R$ 184 milhões. O valor é 37,6% menor do que mesmo período de 2020.

Houve redução da dívida de curto prazo com a quitação de uma CCB que possuía saldo de R$ 83 milhões e vencimento em 2024.

Além disso, no trimestre foi realizada a captação de R$ 100 milhões com a emissão de dívida, com prazo de 7 anos e sem garantia.

“Esse movimento permitiu o alongamento no perfil da dívida da companhia, mantendo a mesma taxa e reduzindo a exigência de garantias. Esse novo posicionamento promove um conforto financeiro para a continuidade da estratégia da companhia de retomada de lançamentos. Destacamos também que todos os projetos recém-lançados já se encontram com o financiamento contratado”, afirmou a empresa.

Aprenda a transformar a Bolsa de Valores em fonte recorrente de ganhos. Assista a aula gratuita do Professor Su e descubra como.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Compartilhe