Boa notícia

Sabesp decide não integrar SPE da Iguá que venceu leilão da Cedae; ações fecham em alta de 5%

A Iguá, que conta com suporte do fundo de pensão canadense CPP, venceu o lote 2 ao oferecer cerca de R$ 7,3 bilhões

arrow_forwardMais sobre
(Divulgação/Sabesp)

A Sabesp (SBSP3) afirmou na quarta-feira (5) que não exercerá a opção de compra de fatia na Sociedade de Propósito Específico (SPE) da Iguá que venceu a disputa pelo bloco 2 da empresa de saneamento do Rio de Janeiro (Cedae), na semana passada.

As ações SBSP3 reagiram positivamente à notícia na sessão desta quinta (6), fechando com ganhos de 4,92%, a R$ 40,98.

A Iguá, que conta com suporte do fundo de pensão canadense CPP, venceu o lote 2 ao oferecer cerca de R$ 7,3 bilhões, ante mínimo de R$ 3,17 bilhões. O lote atende as regiões da Barra e Jacarepaguá do Rio de Janeiro e pelas cidades de Miguel Pereira e Paty do Alferes. A participação da Iguá foi reforçada no fim de março pela compra de fatia de 45% na empresa pelo CPP.

O Credit Suisse aponta que a notícia da Sabesp de não integrar o bloco é relevante para o papel e positiva dado que o ativo sofreu muito em função da possível entrada no bloco 2 da Cedae – após o anúncio da Sabesp que poderia integrar o bloco no fim de semana, os ativos caíram 6,5% na segunda-feira.

O valuation pós-privatização parece melhor do que participar em novos investimentos (o atual capex – investimentos da companhia – já é bastante alto), avaliam os analistas do Credit. Desta forma, não seria desejável que a estatal paulista entrasse em novos projetos.

Quer viver de renda? Estes 3 ativos podem construir uma carteira poderosa. Assista no curso gratuito Dominando a Renda Passiva.