Energia

CPFL Energia (CPFE3) lucra R$ 1,162 bilhão no 1º trimestre, alta de 20,9%

Aumento do lucro reflete a expansão do Ebitda, puxado por Distribuição, parcialmente compensado pela maior despesa financeira líquida

Por  Equipe InfoMoney

A CPFL Energia (CPFE3) lucrou R$ 1,162 bilhão no balanço do primeiro trimestre deste ano, um desempenho 20,9% superior ao reportado no mesmo período de 2021.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) consolidado somou R$ 2,643 bilhões, alta de 34,4%.

Segundo a empresa, o aumento do lucro reflete a expansão do Ebitda, decorrente principalmente do desempenho do segmento de Distribuição, parcialmente compensado pela maior despesa financeira líquida.

Mais sobre balanço CPFL Energia

O resultado financeiro líquido teve um saldo negativo de R$ 542 milhões, alta de 348%. O aumento das despesas financeiras da CPFL ocorreram, sobretudo, por alta de encargos de dívida e impacto da substituição do IGP-M pelo IPCA em faturas emitidas a partir de 1º de junho.

O Ebitda de distribuição da CPFL saltou 45,7%, para R$ 1,838 bilhão, enquanto de geração aumentou 5,6%, para R$ 673 milhões.

A receita operacional líquida da CPFL do 1º trimestre subiu 7,6%, para R$ 8,245 bilhões. A carga na área de concessão recuou 0,02%, para 18.476 GWh.

Já as vendas na área de concessão recuaram 1,1%, puxado pelo mercado cativo (-5,3%), enquanto o mercado livre teve alta, de 6,4%.

A dívida líquida somou R$ 21,180 bilhões, alta de 40,3%, mas a alavancagem medida pela dívida líquida/Ebitda se manteve em 2,03 vezes entre os períodos.

Os investimentos somaram R$ 1,212 bilhão, aumento de 74,2%.

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

Compartilhe