Temporada de balanços

Banco Inter (BIDI11) registra lucro 31,8% maior no 1º trimestre

Diferença no resultado líquido é justificada pela alta das receitas de operações de crédito e aumento de transações pelo marketplace

Por  Equipe InfoMoney -

O Banco Inter (BIDI11)) reportou um lucro líquido consolidado de R$ 27,470 milhões no 1º trimestre de 2022, um incremento de 31,8% em comparação aos ganhos de R$ 20,837 milhões de um ano antes.

“A diferença no resultado líquido entre os períodos é justificada pelo aumento nas receitas de operações de crédito e, ainda, pelo aumento de transações realizadas em nosso Marketplace”, diz o banco

O resultado bruto da intermediação financeira atingiu R$ 544,5 milhões, registrando um aumento de R$ 238,9 milhões em relação ao montante registrado no mesmo período de 2021.

Leia também:

As despesas administrativas e de pessoal incorridas no trimestre findo em 31 de março de 2022 somaram R$ 465,3 milhões, um acréscimo de R$ 180,2 milhões em relação ao mesmo período de 2021, crescimento explicado pelo volume crescente de operações, ampliação dos serviços e produtos oferecidos além do crescimento da base de clientes.

Os ativos totais somaram R$ 38,6 bilhões no trimestre findo em 31 de março de 2022, crescimento de 5,9% em comparação a dezembro de 2021.

O patrimônio líquido somou R$ 8,5 bilhões, apresentando uma redução de R$ 55,7 milhões quando comparado a 31 de dezembro de 2021, explicado pela marcação de mercados dos ativos, refletidos em outros resultados abrangentes.

O Inter encerrou em 31 de março de 2022 com um Índice de Basileia de 35,7% mantendo forte estrutura de capital para manutenção das taxas de crescimento.

Mais sobre balanço Inter

As receitas totais somaram R$ 906,9 bilhões no primeiro trimestre de 2022, uma elevação de 129,5% em relação ao mesmo período de 2021.

A provisão para créditos de liquidação duvidosa (PDD) atingiu a marca de R$ 94,7 milhões entre janeiro e março de 2022, uma redução de 39,1% na comparação ano a ano.

A carteira de crédito ampliada totalizou R$ 19,8 bilhões nos três primeiros meses deste ano, um aumento de 80,6% na comparação com igual etapa de 2021.

O número de clientes atingiu a marca de 18,6 milhões no primeiro trimestre de 2022, crescimento de 82,4% em relação ao mesmo trimestre de 2021.

A receita média por usuário (ARPU, na sigla em inglês) foi de R$ 195,3 no 1T22, um avanço de 2,4% frente ao 1T21.

No 1T22, o custo de aquisição de clientes atingiu R$ 29 por cliente, aumento de 4,6% na comparação anual.

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

Compartilhe