Em mercados / renda-fixa

9 minutos com Alexandre Muller, um dos gestores que mais lucrou com Petrobras em 2016

Usando uma didática analogia de um "mercadinho", o gestor da JGP explica o racional por trás do mercado de dívidas corporativas e como ele fez pra ganhar (muito) dinheiro com títulos da Petrobras neste ano


SÃO PAULO - Quem acompanhou a Bovespa nos últimos 9 meses presenciou uma grande euforia, com grandes empresas chegando mais do que duplicando de valor nesse período. Tal movimento pode ter trazido a impressão de que o investidor que investe apenas em renda fixa pode ter perdido o bonde em 2016, certo? Errado. Um dos maiores fundos do Brasil explica mostra que quem esteve no mercado de renda fixa - mais especificamente, em crédito corporativo - conseguiu ganhar sim muito dinheiro.

Quem explica isso é Alexandre Muller, gestor da JGP, uma das maiores gestoras do Brasil (possui R$ 19 bilhões em ativos sob gestão) e que tem como um de seus sócios ninguém menos que André Jakurski, um dos fundadores do Pactual. Muller participou do evento XP Investor Day, realizado nesta quarta-feira (5) em um restaurante no Itaim (zona sul de São Paulo) e concedeu uma entrevista exclusiva à InfoMoneyTV logo após seu painel.

Durante o papo, o gestor falou de maneira bem didática como títulos de dívidas corporativas mostram-se ao mesmo tempo mais interessantes e seguros como investimentos do que investimentos em ações, usando como exemplo um "mercadinho", já que o credor receberá o pagamento do juros antes do sócio receber o dividendo. A explicação dessa analogia e os detalhes de uma operação com títulos de dívida da Petrobras neste ano - que lhe renderam um resultado espetacular - podem ser conferidas no vídeo acima, logo no começo do texto.

 

Contato