Em mercados / renda-fixa

Digerindo projeções para inflação, juros futuros operam quase estáveis

Relatório trimestral de inflação revelou a expectativa do BC de uma alta nos preços de 5,2% neste ano e de 4,9% no próximo

SÃO PAULO - As taxas dos principais contratos de juros futuros operam perto da estabilidade nesta quinta-feira (27). O mercado digere o Relatório Trimestral de Inflação, que revelou a expectativa do Banco Central de uma alta nos preços de 5,2% neste ano e de 4,9% no próximo, segundo projeções do cenário de referência. O centro da meta é de 4,5%, com variação de dois pontos percentuais para cima ou para baixo.

A instituição, que reduziu a projeção do PIB (Produto Interno Bruto) para este ano de 2,5% para 1,6%, ressaltou que o cenário externo é desinflacionário no médio prazo, assim como a desaceleração chinesa é positiva para conter a inflação.

Contrato de janeiro de 2013 indica taxa de 7,27%
O contrato de juros de maior liquidez nesta quinta-feira, com vencimento em janeiro de 2013, aponta uma taxa de 7,27%, em linha com o fechamento de quarta-feira. O número de contratos negociados chega a 354.070. 

Outro contratos com bom volume negociado é o com vencimento em janeiro de 2014, que registra taxa de 7,74%. No fechamento de quarta-feira, a taxa apontada por este contrato era 7,73%.

 

Contato