Plano de saúde

Qualicorp (QUAL3) vê lucro cair 25,2% no 4º trimestre de 2021

Segundo a empresa, o resultado teve impacto de alta de amortizações de comissões e piora no resultado financeiro líquido

Por  Fernando Lopes -

A Qualicorp (QUAL3) reportou lucro líquido de R$ 50,6 milhões no quarto trimestre de 2021 (4T21), uma queda de 25,2% em relação aos R$ 67,6 milhões aferido no 4T20.

No acumulado do ano, também houve queda do lucro líquido: 6,7%, para R$ 365,8 milhões, antes os R$ 392,1 milhões de 2020.

Segundo a empresa, o resultado veio “devido ao aumento de amortizações de comissões e piora no resultado financeiro líquido. No (acumulado do) ano, o lucro líquido teve redução também em função de maiores amortizações e despesas financeiras”.

O resultado financeiro líquido foi negativo em R$ 47,9 milhões no trimestre analisado e em R$ 82,4 milhões em todo o 2021. Tais números representam alta de 580% (base anual, de resultado negativo de R$ 7,1 milhões no 4T20) e 44,8% (comparação anual, de resultado negativo acumulado em 2020 de R$ 56,0 milhões).

“Estes aumentos refletem maiores juros de empréstimos e financiamentos com custo atrelado ao CDI e o maior endividamento líquido da Qualicorp, além de um incremento em outras despesas financeiras relacionado ao ajuste de R$ 21,8 milhões na opção de compra de participações de não-controladores na Plural e Uniconsult, lançado no 4T21”, explicou a empresa.

Ebitda da Qualicorp (QUAL3)

O Ebitda ficou em R$ 226,0 milhões no 4T21, contra R$ 158,0 milhões no 4T20, que representa uma alta de 43,0%. A margem Ebitda subiu 12,7 pontos percentuais, para 43,3%.

Em todo 2021, o Ebitda subiu 2,3%, chegando a R$ 999,6 milhões, contra R$ 976,7 milhões do acumulado de 2020. A margem Ebitda de 2021 caiu 0,5 ponto percentual, para 47,7%.

O Ebitda ajustado cresceu 15,3%, para R$ 260,9 milhões, contra R$ 226,3 milhões do 4T20, com a margem ajustada subindo 6,1 pontos percentuais, para 50,0%.

Os ajustes ao Ebitda excluem linhas consideradas pela Qualicorp como “extraordinárias ou não relacionadas às operações recorrentes”.

A companhia apresentou no 4T21 um aumento de 11,0% na base trimestral no total consolidado de custos e despesas, mas uma redução de 2,0% trimestralmente e de 9,8% anualmente ao se excluir os ajustes ao Ebitda, “que são essencialmente de natureza não-recorrente”. No ano, a empresa ressalta que houve incremento de 4,5% no total de custos e despesas, ou de 9,6% sem ajustes ao Ebitda.

Em 2021, a Qualicorp lembra que os crescimentos nas linhas de Pessoal (+11,8%), Serviços de terceiros (+19,2%), Ocupação (+51%), Marketing (+109%) e Comissões & Repasses (+15,3%) “estão alinhados com a readequação da estrutura e aumento de incentivos comerciais para garantir a entrega de objetivos estratégicos de aceleração de vendas, melhorias no atendimento ao cliente, inovação tecnológica e de produtos, melhora de governança corporativa e desenvolvimento de novos negócios”.

Receitas do balanço

A receita líquida total no 4T21 foi de R$ 521,4 milhões, representando um crescimento de 1,2% em relação ao 4T20, que ficou em R$ 515,1 milhão.

No acumulado do ano, a receita líquida totalizou R$ 2,096 bilhões, um aumento de 3,5% em relação ao ano anterior, cuja receita acumulada chegou a R$ 2,026 bilhões.

Segundo a empresa, ao longo de 2021 a Qualicorp continuou “a buscar maior crescimento orgânico através do investimento em linhas que apoiem as frentes de vendas, inovação, tecnologia e retenção dos clientes”.

“Ao mesmo tempo, procurou maneiras de financiar esses novos esforços através controle de custos e despesas nas demais áreas, principalmente em gastos administrativos”, explicou, em nota de divulgação do balanço do trimestre.
Os investimentos no trimestre caíram 27,5%, em relação ao mesmo período de 2020. Nem mesmo o acumulado do ano escapou da queda: menos 18,5%.

“Nosso capex foi R$ 156,6 milhões no 4T21, sendo que 86% deste valor se refere à aquisições e fusões. O capex recorrente (TI, imobilizado e outros) foi de R$ 21,3 milhões no trimestre, com aumento de 14% YoY e redução de 19% QoQ. Em 2021, o capex total foi de R$ 232,4 milhões, ou de R$ 78,4 milhões excluindo aquisições, com um aumento de 57% nos investimentos em tecnologia e de 123% em imobilizado/outros”, disse a empresa.

Em 2021, foram R$ 749 milhões em distribuição de valor aos acionistas, incluindo dividendos, JCP e recompra de ações.

Por fim, o portfólio total de vidas da Qualicorp subiu 2,2% no 4T21, para 2,612 milhões, contra 2,556 milhões do mesmo período de 2020. A variação é próxima na comparação com o 3T21: 2,1%.

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

Compartilhe