Em mercados / proventos

Itaú distribui R$ 4,3 bi em JCP complementares e remuneração do acionista cresce 164%; ações ficam "ex" nesta terça-feira

Além dos JCPs complementares, também serão pagos na mesma data os JCPs aprovados em dezembro de 2016, no valor de R$ 0,47140 por ação

Agência do itaú
(Divulgação)

SÃO PAULO - O Itaú Unibanco (ITUB4) pagará JCPs (Juros Sobre Capital Próprio) complementares referentes ao exercício de 2016 no valor de R$ 0,77540 por ação, o que equivale a R$ 4,3 bilhões (líquidos de imposto de renda).

Terão direito aos proventos os acionistas que encerrarem esta segunda-feira (20) com o papel em carteira, uma vez que a "data ex" é a terça-feira (21). O dividend yield, que é a relação entre a remuneração e o valor total do ativo, é de 1,89%, considerando a cotação de fechamento dos papéis na última sexta-feira (17), de R$ 40,85. O provento será pago em 3 de março.

Veja também: 2 ações com dividendo turbinado e JCP adicional ficam "ex" nesta terça (21)

Além dos JCPs complementares, também serão pagos na mesma data os JCPs aprovados em dezembro de 2016, no valor de R$ 0,47140 por ação. Dessa forma, o montante total a ser pago aos investidores cresceu 164% para R$ 1,05978 por ação, o que representa um yield total de 2,60%.

 

Contato