Em mercados / proventos

4 gigantes da Bovespa pagarão R$ 2,9 bilhões em dividendos e ficam "ex" amanhã

Confira as alterações previstas para o pregão da próxima quinta-feira

Bradesco_Bloomberg

SÃO PAULO - No pregão da próxima quinta-feira, as ações de Ambev (ABEV3), BM&FBovespa (BVMF3), CSU Cardsystem (CARD3), Totvs (TOTS3) e Estacio (ESTC3) passarão a ser negociadas "ex" proventos e sofrerão alteração nos preços, conforme comunicado de alterações da BM&FBovespa.

A maior remuneração aos acionistas por ação será feita pela companhia educacional, que distribuirá R$ 0,45395831547 na forma de dividendos. O menor dividendo será do da BM&FBovespa, que pagará R$ 0,20589063 em juros sobre capital próprio.

Considerando as quatro maiores empresa da lista (Ambev, Bradesco, BM&FBovespa e Estácio), o valor total a ser distribuído será de aproximadamente R$ 2,962 bilhões, sendo o maior pagamento será o do Bradesco, que distribuirá um total de R$ 1,491 bilhão. 

Confira quanto pagará cada empresa por ação:

Empresa Ação Provento Valor por ação
Ambev ABEV3 Juros sobre o capital próprio R$ 0,22
Bradesco BBDC3 Juros sobre o capital próprio R$ 0,256721461
Bradesco BBDC4 Juros sobre o capital próprio R$ 0,282393608
BM&FBovespa BVMF3 Juros sobre o capital próprio R$ 0,20589063
CSU Cardsystem CARD3 Juros sobre o capital próprio R$ 0,31018254
Totvs TOTS3 Juros sobre o capital próprio R$ 0,248642967
Estácio ESTC3 Dividendos R$ 0,45395831547

O termo "data ex" refere-se ao dia em que ocorrerão os ajustes nas ações na Bolsa e a primeira sessão em que elas não garantirão mais ao investidor a remuneração pelo provento anunciado. Quem terminar o pregão anterior ("data com") com os papéis em carteira terá direito ao provento, normalmente pago alguns dias ou meses após o ajuste.

Sempre que um dividendo ou juro sobre capital próprio é pago, a ação sofre um "ajuste" para baixo na data ex, que corresponde a essa "transferência de capital", que passa do patrimônio da empresa para o bolso do acionista. Por isso, o ajuste de proventos não significa que o investidor "ganhou" ou "perdeu" dinheiro com a ação, apenas que esse capital passou de um lado para o outro.

Entre os proventos que costumam impactar as ações, os mais famosos são os dividendos, juros sobre capital próprio, desdobramento e grupamento. Para saber mais sobre todos os proventos e como eles impactam os papéis na Bolsa, clique aqui.

 

Contato