Entrevista

Presidente da Amec explica o quanto o mercado ganhará com a Vale no “Novo Mercado”

Em entrevista à InfoMoneyTV, Mauro Cunha elogia a iniciativa da Vale, mas alertou para o que o investidor precisa ficar atento para que essa migração tenha um "final feliz"

SÃO PAULO – No fim de fevereiro, a Vale (VALE3; VALE5) anunciou um novo acordo de acionistas que vai pulverizar o controle da empresa e permitir a entrada da companhia no Novo Mercado. Em entrevista à InfoMoneyTV, o presidente da Amec (Associação de Investidores de Mercado de Capitais), Mauro Cunha, fala sobre o tema e explica o que isso representa em termos de governança corporativa.

Respondendo por 60 investidores nacionais, estrangeiros e institucionais que respondem por cerca de R$ 400 bilhões aplicados na Bolsa, a Amec elogiou bastante a iniciativa da Vale, mas alertou para o que o investidor precisa ficar atento para que essa migração tenha um “final feliz”. Cunha ainda falou sobre as chances de que esse movimento de uma das empresas mais tradicionais da Bolsa brasileira sirva de estímulo para que outras companhias busquem o Novo Mercado e comentou sobre alguns IPOs (Initial Public Offerrings) que têm surgido recentemente, como do Facebook e do Snapchat.

Confira o vídeo da entrevista: