Após decisão do Fed

Powell: há sete reuniões do Fomc neste ano e teremos sete altas de juros

“Se concluirmos que é apropriado subir os juros mais rapidamente o faremos”, ressaltou o presidente do Federal Reserve

Por  Estadão Conteúdo -

O presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, comentou que toda reunião do Fed é “viva” e “vamos agir conforme a evolução dos fatos.” Ele também ressaltou que o “FOMC decidiu que chegou a hora de subir os juros e reduzir o balanço do Fed.” Segundo Powell, “há sete reuniões que ocorrerão neste ano e teremos sete altas de juros”, junto com a diminuição de ativos em poder do banco central americano.

“Se concluirmos que é apropriado subir os juros mais rapidamente o faremos”, ressaltou Powell. “Vamos agir de forma expressiva para conter a inflação e não permitir que fique enraizada na economia.”

Recessão

O presidente do Federal Reserve comentou que os dirigentes do banco central dos EUA estão “atentos a novas pressões de alta da inflação.” Ele também destacou que “faremos tudo que for possível para atingirmos nossas metas, de estabilidade de preços e a máxima geração de empregos possível.”

Leia também:

De acordo com Powell, a probabilidade de recessão no próximo ano no país “não é particularmente elevada”, sobretudo porque a economia doméstica está forte, com apertado mercado de trabalho. “A menor projeção do Fed para o PIB de 2022, que baixou de 4,0% para 2,8%, está também relacionada com a desaceleração da Europa que ocorrerá devido à guerra na Ucrânia.”

Mercado de trabalho

Powell comentou que o mercado de trabalho nos EUA “pode lidar” com a alta de juros, especialmente porque está bem aquecido. “Esperamos que as pessoas voltem ao mercado de trabalho na medida que suas vidas voltem ao normal em relação à covid.”

Questionado se o Fed ficou atrás da curva para apertar a política monetária com a alta expressiva da inflação que ocorreu desde o ano passado, Powell comentou: “Se soubéssemos que ocorreria a ruptura das cadeias de produção como ocorreram a ponto de elevar a inflação, claro que teríamos subido os juros antes. Mas isso não é possível. Não tenho o luxo de olhar se estamos hoje atrás da curva.”

De acordo com Jerome Powell, “vi hoje que o FOMC está altamente comprometido em atingir a estabilidade de preços.” Segundo ele, “queremos levar taxa neutra de juro à normalidade e conduzi-la para pouco acima dela.”

Balanço de ativos

O presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, comentou que a ata da reunião do Fed que foi encerrada hoje vai delinear com detalhes a discussão dos dirigentes do banco central americano que levaram a decidir que reduzirão o balanço de ativos do Federal Reserve no próximo encontro, que ocorrerá nos dias 3 e 4 de maio.

Jerome Powell ressaltou que o mercado de trabalho está muito apertado nos EUA e apontou que as previsões dos dirigentes do Fed apontam que a taxa de desemprego atingirá 3,5% ao final deste ano e assim continuará no médio prazo. “Temos 1,7 vaga para cada pessoa que está desempregada nos EUA. O que mostra quanto este setor está bastante forte.”

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

Compartilhe