Em mercados / politica

Câmara aprova MP do pente-fino no INSS; Bolsonaro fala em economia de R$ 10 bi ao ano

O Senado já marcou para esta quinta-feira a votação da matéria, que perde a validade na segunda (3)

Jair Bolsonaro
(Marcos Corrêa/PR)

O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (30), em sua conta no Twitter, que a Medida Provisória (MP) 871, que combate fraudes no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), deve gerar uma economia estimada em R$ 10 bilhões por ano.

"O Brasil segue avançando", afirma o presidente. A MP foi aprovada na Câmara na madrugada de hoje.

O Senado já marcou para esta quinta-feira a votação da matéria, que perde a validade na segunda (3).

A Medida Provisória 871 cria um programa de revisão de benefícios do INSS, exige cadastro do trabalhador rural e restringe o pagamento de auxílio-reclusão apenas aos casos de pena em regime fechado.

Confira o tuíte de Jair Bolsonaro:

 

 

Contato