Em mercados / politica

Se tudo correr bem, reforma será aprovada em junho nas duas casas, diz Onyx

Para o ministro, a Nova Previdência garantirá a previsibilidade para investidores no Brasil

Onyx Lorenzoni
(Valter Campanato/Agência Brasil )

O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, reforçou nesta quarta-feira, 27, a expectativa do governo de aprovar a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da Nova Previdência em junho na Câmara e no Senado. "Se tudo correr bem, e Deus há de querer, a reforma será aprovada em junho nas duas Casas", disse o ministro durante o 20º CEO Brasil 2019 Conference, do BTG Pactual, em São Paulo.

Lorenzoni avaliou que a Nova Previdência é o conserto em um erro, que foi sistema de repartição, sem retirar condição aos que estão prestes a se aposentar.

"Separamos assistência da Previdência, deixando claro como uma deve ser financiada", avaliou o ministro.

Na avaliação de Lorenzoni, o diálogo tem sido a marca do presidente Jair Bolsonaro e deve garantir ao governo a base congressual para aprovar a PEC.

Ele usou como exemplo da capacidade de articulação do governo o trabalho feito para eleger Davi Alcolumbre (DEM-AP) presidente do Senado. "Assumimos com o desafio no governo que era mudar no Congresso, particularmente no Senado, o comando que se perpetuava lá há 30 anos", disse. "Alcolumbre é o Bolsonaro do Senado; um construtor de relações primoroso."

Não espere pelo governo. Abra uma conta GRATUITA de investimentos na XP e garanta sua aposentadoria

Para Lorenzoni, a Nova Previdência garantirá a previsibilidade para investidores no Brasil, e "se garantimos previsibilidade e cálculo de retorno investido, vai faltar brasileiro para trabalhar", afirmou. "Quero ver brasileiro empregado, se empresa é chinesa, alemã ou italiana, pouco me importa."

 

Contato