Em mercados / politica

Heleno diz que Bolsonaro e Guedes são "best friends"

Houve desencontro de informações entre o presidente e a equipe econômica a respeito de impostos e da reforma da Previdência na última semana

Jair Bolsonaro e Augusto Heleno
(Valter Campanato/Ag. Brasil)

O ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno, negou que haja alguma "rusga" na relação entre o presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Economia, Paulo Guedes, e disse que os dois são "best friends".

"Não teve rusga nenhuma, nem rusga, nem carrinho por trás, nem tesoura voada, não teve nada. Hoje (segunda-feira) de manhã se encontraram aí, best friends, não tem essa história", disse Heleno ao ser questionado por jornalistas.

Heleno falou com a imprensa após a posse dos novos presidentes dos bancos públicos, no Palácio do Planalto, evento que foi marcado por trocas de afagos entre Bolsonaro e Guedes.

Na última sexta-feira (4), houve desencontro de informações entre o presidente e a equipe econômica a respeito de impostos. Também houve ruído de informação sobre a reforma da Previdência.

O ministro-chefe do GSI creditou o erro de Bolsonaro, que acabou desmentido por membros de sua equipe, a quantidade de informações que o presidente recebe.

"Acredito que aquilo foi fruto de uma primeira semana, o peso em cima das costas do presidente é muito grande, ele acaba ouvindo muita coisa sem ter tempo nem de conferir se o que ele ouviu está valendo ainda", afirmou o ministro.

Proteja seu dinheiro das incertezas. Invista com a ajuda da melhor assessoria do Brasil: abra uma conta na XP - é de graça!

Em mais uma tentativa de alinhamento entre o entorno do presidente e a equipe econômica, o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, está reunido com Guedes para um almoço no Planalto.

 

Contato