Em mercados / politica

Bolsonaro diz que pode ter errado em não declarar empréstimo

"Se eu errei, eu arco com minha responsabilidade perante o fisco, sem problema nenhum", disse o presidente eleito a repórteres no Rio de Janeiro

Jair Bolsonaro
(Rogério Melo/PR)

(Bloomberg) -- O presidente eleito, Jair Bolsonaro, disse que pode ter errado ao não declarar às autoridades fiscais um empréstimo que fez, e que, se errou, lidará sem problemas com sua responsabilidade.

"Se eu errei, eu arco com minha responsabilidade perante o fisco, sem problema nenhum”, disse Bolsonaro a repórteres no Rio de Janeiro, conforme vídeo da coletiva de imprensa que ele compartilhou em suas contas nas redes sociais.

Os R$ 40 mil depositados na conta de sua esposa foram o pagamento de um empréstimo, pago em 10 parcelas de R$ 4 mil cada, disse Bolsonaro. O órgão de fiscalização financeira COAF revelou um depósito feito à sua esposa por um ex-assessor do filho de Bolsonaro, informou o jornal Estado de S. Paulo nesta semana.

Bolsonaro disse aos repórteres que o dinheiro do empréstimo foi depositado na conta de sua esposa, e não na sua, porque ele está ocupado e tem dificuldades para ir ao banco. Disse também que ninguém envia nem recebe fundos ilícitos por cheque.

Seja sócio das maiores empresas da bolsa com TAXA ZERO de corretagem! Clique aqui e abra uma conta na Clear! 

 

 

Contato