Em mercados / politica

Atentado contra Bolsonaro pode influenciar voto de 34% dos eleitores, diz XP/Ipespe

Segundo pesquisa, 99% dos eleitores tiveram conhecimento da facada contra o candidato há uma semana

Bolsonaro facada
(Twitter)

SÃO PAULO - O ataque a facada contra o deputado Jair Bolsonaro (PSL) durante ato de campanha em Juiz de Fora (MG) provocou alterações no jogo eleitoral. De uma semana pra cá, o parlamentar viu suas intenções de voto saltarem para 26% e seu índice de rejeição recuar 5 pontos percentuais, para 57%, segundo pesquisa XP/Ipespe divulgada nesta sexta-feira (14). Mas esses não foram os únicos movimentos causados pelo atentado. O levantamento mostra que novos desdobramentos ainda podem ocorrer e provocar impactos significativos na corrida presidencial.

De acordo com a pesquisa, realizada entre 10 e 12 de setembro, 99% dos entrevistados tiveram conhecimento do episódio ocorrido na tarde de 6 de setembro. Quando questionados sobre como o atentado poderia afetar seus comportamentos eleitorais, 24% responderam que a chance de votarem em Bolsonaro cresceu, ao passo que 10% indicaram que diminuiu. A maior taxa encontra-se no grupo que hoje se diz indecisa sobre em quem votar: 28%. Outros 63% de toda a amostra afirmaram que o episódio não provocaria mudanças nesse sentido.

O gráfico abaixo apresenta detalhes:

ipespe1409e
Fonte: XP/Ipespe (BR-07277/2018)

Contato