Em mercados / politica

Bolsonaro no Roda Viva: as 6 perguntas que o mercado faria para o candidato

O InfoMoney conversou com vários gestores e economistas do mercado financeiro - e cuja maioria não teve oportunidade de ter um "frente-a-frente" com o candidato - para saber o que eles perguntariam a ele

Jair Bolsonaro
(Agência Câmara)

SÃO PAULO - Apesar de todas as sinalizações pró-mercado de seu assessor Paulo Guedes, muitos analistas, gestores e economistas mostram ceticismo de como seria a condução da economia caso Jair Bolsonaro (PSL) fosse eleito presidente em outubro. 

Afinal, mesmo com o discurso dos últimos meses mais favorável à privatização e a reformas pró-mercado que fez com que os investidores mostrassem uma certa calmaria, a falta de detalhamento sobre qual seria a agenda e também o histórico "anti-mercado" do deputado em seus mais de 27 anos na Câmara ainda suscitam desconfiança. 

Desta forma, o espaço que ele terá nesta segunda-feira a partir dos 22h15 (horário de Brasília) no Roda Viva, programa da TV Cultura, poderá ser valioso para mostrar quais são as propostas do presidenciável - e se o seu tom pró-mercado seguirá após o pleito de outubro. 

Com base nesse cenário, o InfoMoney conversou com vários gestores e economistas do mercado financeiro - e cuja maioria não teve oportunidade de ter um "frente-a-frente" com o Bolsonaro - para saber o que eles perguntariam ao candidato. Dependendo das respostas e na convicção que ele apresentaria sobre elas, poderia animar o mercado - ou torná-lo mais cético sobre a sua candidatura. Seguem abaixo:

  • 1 - Bolsonaro sempre votou contra reformas importantes e teve perfil mais estatizante. O que aconteceu pra ele ter mudado e, inclusive, ter colocado na linha de frente de sua assessoria o economista liberal Paulo Guedes?

2 - O que garante que, ao discordar de Paulo Guedes, Bolsonaro não queira demitir o economista ou mudar totalmente o viés econômico, voltando à linha estatizante que já mostrou em votações em anos anteriores?

  • 3 - Bolsonaro é a favor do regime de capitalização da previdência, pregado por Paulo Guedes? Como seria a fase de transição? Qual a urgência que o candidato vê para a reforma da previdência?

4- Paulo Guedes fala em "privatizar tudo", Bolsonaro alerta para entrada de chineses no Brasil. Muitos chineses têm mostrado interesse em investir no País e, se o programa de privatizações vingar, poderão se expandir mais no Brasil. Como conciliar essas duas visões?

5 - O candidato do PSL votou em maio contra o cadastro positivo, uma das medidas pró-mercado vistas como essenciais para melhora da competição e diminuição de juros. Por que ele votou contra essa medida? Faria algo diferente nos últimos votos que deu?

  • 6 - A pulverização partidária na Câmara deve seguir como realidade. Como lidar com o Congresso Nacional para a aprovação de pautas tendo um partido tão pequeno por trás? A base que está se construindo com vários partidos é satisfatória para isso ou no menor sinal de crise ela vai debandar? 

Leia mais:
Jair Bolsonaro participará de sabatina no Roda Viva nesta segunda-feira
Bolsonaro no Roda Viva: quem fará parte da bancada de entrevistadores?
- Bolsonaro participará do Roda Viva nesta segunda-feira; veja como assistir online

Quer investir em ações pagando só R$ 0,80 de corretagem? Clique aqui e abra sua conta na Clear

 

Contato