Em mercados / politica

Como o julgamento de Lula no TRF-4 pode mudar as cartas das eleições?

O programa Conexão Brasília é transmitido ao vivo, às sextas-feiras, a partir das 14h45; assista

SÃO PAULO - Em pleno recesso do mundo político, o noticiário começa a esquentar com a aproximação do julgamento de recurso apresentado pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva contra condenação em primeira instância proferida pelo juiz federal Sérgio Moro. A sessão na 8ª turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, em Porto Alegre (RS), é o evento político mais aguardado deste começo de ano e pode sinalizar a impossibilidade de o atual líder nas pesquisas eleitorais disputar a sucessão de Michel Temer no posto que já ocupou por 8 anos.

Enquanto todas as atenções se voltam para o julgamento na capital gaúcha, o governo enfrenta dificuldades na conquista dos votos necessários para a aprovação da reforma da Previdência. As principais lideranças da base já manifestam pessimismo com o avanço das medidas antes da corrida eleitoral, sobretudo após os reveses que o emedebista teve com o afastamento temporário de 4 dos 12 vice-presidentes da Caixa Econômica Federal e as suspensões da nomeação da deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ) como a nova ministra do Trabalho e de medida provisória que abria caminho para a privatização da Eletrobras.

Para analisar estes e outros temas que têm movimentado o noticiário político, o programa Conexão Brasília desta sexta-feira entrevista, a partir das 14h45 (horário de Brasília), o cientista político Miguel Nicacio, líder do movimento Frente Pela Renovação. Também participa da transmissão o analista político Paulo Gama, da XP Investimentos. Acompanhe ao vivo pelo vídeo abaixo:

 

 

Contato