Em mercados / politica

Rodrigo Maia já prepara lista de ministros para o pós-Temer, diz portal

Nos bastidores, já há conversas em curso sobre a formação de uma equipe ministerial em eventual sucessão pelo presidente da Câmara dos Deputados

Rodrigo Maia e Michel Temer
(Beto Barata / PR)

SÃO PAULO - A percepção de fragilidade do governo Michel Temer cresce a cada dia, assim como as apostas de que o peemedebista não conseguirá concluir seu mandato. Em meio ao cenário de deterioração, as atenções se voltam para o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

Nos bastidores, já há conversas em curso sobre a formação de uma equipe ministerial em eventual sucessão pelo parlamentar. A imprensa noticia a intensificação da agenda do deputado com agentes econômicos e as garantias de manutenção de Henrique Meirelles no comando do Ministério Fazenda, o que favoreceria o apoio do mercado nessa eventual transição.

Mas também há acenos ao mundo político. Conforme noticia o portal Poder360, dos 28 atuais ministros, mais da metade tende a permanecer no cargo em caso de o peemedebista ser sucedido pelo presidente da Câmara. Conta a publicação que os ministros palacianos Eliseu Padilha (Casa Civil), Moreira Franco (Secretaria Geral) e Antonio Imbassahy (Secretaria de Governo) seriam substituídos.

Do lado dos políticos mais jovens no comando de pastas, há maior possibilidade de continuidade. Segundo a publicação, só cairiam se quisessem Bruno Araújo (Cidades), Fernando Coelho Filho (Minas e Energia), Leonardo Picciani (Esporte), Maurício Quintella Lessa (Transportes) e Mendonça Filho (Educação).

Em sua ida à Argentina com aliados, Rodrigo Maia articula a troca de governo. Participam da comitiva os deputados Benito Gama (PTB-BA), Heráclito Fortes (PSB-PI), Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE), Rubens Bueno (PPS-PR) e Rogério Rosso (PSD-DF).

 

Contato