Em mercados / politica

Tribunal derruba decisão de Moro e absolve ex-tesoureiro do PT na Lava Jato

Ele era acusado por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e associação criminosa

João Vaccari Neto
(Agência Brasil)

SÃO PAULO - O Tribunal Regional Federal da 4ª Região derrubou uma sentença do juiz federal Sérgio Moro e absolveu o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto de 15 anos e 4 meses de prisão.

Ele era acusado por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e associação criminosa, em intermediação para o partido de "ao menos R$ 4,26 milhões de propinas acertadas com a Diretoria de Serviços e Engenharia da Petrobrás pelo contrato do Consórcio Interpar".

"A Justiça foi realizada, porquanto a acusação e a sentença basearam-se, exclusivamente, em palavra de delator, sem que houvesse nos autos qualquer prova que pudesse corroborar tal delação", disse o advogado Luiz Flávio Borges D'Urso, que representa Vaccari.

"Vale dizer, a lei proíbe condenação baseada exclusivamente em delação premiada, sem que existam provas a confirmar tal delação e foi isto que havia ocorrido neste processo".

 

Contato