Em mercados / politica

Ministro do Supremo cobra instalação de comissão do impeachment de Temer na Câmara

A Câmara tem até dez dias úteis para responder ao questionamento de Marco Aurélio Mello

Michel Temer
(Lula Marques/ AGPT)

SÃO PAULO - Oito meses após determinar que o então presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (PMDB-RJ) instalasse a comissão especial para analisar um pedido de impeachment contra o presidente Michel Temer, o ministro do Supremo Tribunal Federal Marco Aurélio Mello pediu explicações da casa sobre a demora no cumprimento. As informações são do portal Poder360.

O pedido de impeachment do peemedebista foi protocolado pelo advogado Márley Marra com base nas mesmas acusações que derrubaram Dilma Rousseff. O despacho foi enviado na última terça-feira. A Câmara tem até dez dias úteis para responder ao questionamento.

Conforme lembra a reportagem, cabe aos líderes das bancadas indicarem os integrantes das comissões temporárias. O argumento de Marra é que, passadas 48 horas, caberia ao presidente da casa -- hoje, o deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) -- indicar os membros.

A comissão foi criada após a decisão do magistrado em abril, mas nenhum dos deputados que ocuparam o comando da Câmara indicou integrantes para completarem o colegiado. Hoje, a comissão conta com apenas 16 dos 66 membros titulares.

 

Contato