Em mercados / politica

"Fui o melhor presidente que este país já teve" (e do mundo na virada do século), diz Lula

Em discurso inflamado, em que chegou a chorar em alguns momentos, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva defendeu os feitos de seu governo

Lula
(Twitter/PT)

SÃO PAULO - Em discurso inflamado, em que chegou a chorar em alguns momentos, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deixou a modéstia de lado e falou nesta sexta-feira, em  evento em seu apoio na sede do Sindicato dos Bancários de São Paulo, que foi o melhor presidente na história do Brasil e o melhor presidente no mundo, na virada do século XXI. 

"Aconteceu uma coisa grave que jamais poderia ter acontecido porque não estava na lógica intelectual da elite brasileira: eu virei o melhor presidente da República que este país já teve. "Mais importante ainda: eu passei a ser o melhor presidente do começo do século 21 no mundo inteiro". 

O ex-presidente voltou a dizer, no ato de desagravo, que não sabe se será candidato à presidência em 2018.

E, com a voz embargada, defendeu as conquistas de seu governo:  "eu sei que embora todo mundo, os banqueiros e os empresários, ganhassem muito dinheiro no meu governo, eu sei que meu governo incomodou muita gente, pois os pobres passaram a frequentar teatro, os pobres passaram a querer frequentar cinema. Os pobres passaram a frequentar o Parque Ibirapuera. As pessoas passaram a ter o direito de não viajar para o Nordeste de ônibus, mas sim de avião. As pessoas passaram a querer viajar ir para Bariloche, as pessoas passaram a querer viajar para Miami."

Lula disse que encarou como uma "ofensa pessoal" a condução coercitiva realizada pela Polícia Federal em sua residência, em São Bernardo do Campo, na manhã desta sexta. "Foi um desrespeito a alguém que dedicou a vida a esse País". Ele criticou o juiz federal Sérgio Moro, que autorizou a ação da PF. "Se eles (o juiz Sérgio Moro e os procuradores), juntos, forem R$ 1 mais honestos do que eu, desisto da vida política", acrescentou.

Em partes do discurso, ele chegou a ser interrompido pela plateia com gritos de apoio. "O Lula é meu amigo, mexeu com ele, mexeu comigo".


InfoMoney faz atualização EXTRAORDINÁRIA na Carteira Recomendada; confira

André Moraes diz o que gostaria de ter aprendido logo que começou na Bolsa

 

Contato