Em mercados / politica

Petrobras, Eletrobras e BB disparam 7% com rumor sobre pesquisa Ibope

Pesquisa prevista para ser divulgada ainda nesta quarta-feira pode apontar crescimento dos candidatos de oposição à Presidência - o que agrada o mercado

Dilma - Aécio - Campos
(Reprodução)

(SÃO PAULO) – A eleição presidencial já começa a mexer fortemente com a Bovespa. As ações das três maiores estatais federais de capital aberto – Petrobras, Eletrobras e Banco do Brasil – dispararam na Bolsa desde ontem com o rumor de que uma pesquisa Ibope vai apontar o crescimento dos candidatos da oposição.

Segundo o site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a pesquisa Ibope, de número BR-00031/2014, foi registrada no último dia 14 e deve ser divulgada hoje (19). Serão anunciadas as intenções de voto dos brasileiros para o cargo de presidente. Procurada, a assessoria de imprensa do Ibope informou que a pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal O Estado de S.Paulo e que será divulgada no início da noite.

O InfoMoney não obteve os resultados da pesquisa Ibope, mas o que circula no mercado é que a presidente Dilma (PT) vai perder parte da vantagem que tem sobre os dois principais candidatos de oposição: Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB).

Como o mercado não gosta das seguidas intervenções do governo Dilma nas estatais federais, os investidores estão montando posições nas ações das empresas apostando no naufrágio da candidatura petista.

Desde ontem, as altas acumuladas são de 7,8% para as ações ordinárias da Petrobras (PETR3), 6,9% para as preferenciais da Petrobras (PETR4), 6,6% para os papéis mais líquidos da Eletrobras (ELET6) e 5,8% para as ordinárias do Banco do Brasil (BBAS3). No mesmo período, o Ibovespa subiu 3,2%, com a Petrobras liderando a contribuição para a alta.

 

Contato