Em mercados / politica

Governo deve anunciar medidas para aumentar a proteção ao consumidor

Brasil, disse Dilma, vai fiscalizar com maior rigor, aplicar multas mais adequadas e conscientizar a todos das vantagens da melhoria nas relações de consumo

Consumidor
(Getty Images)

SÃO PAULO - Na próxima sexta-feira (15), Dia Internacional do Consumidor, a presidente Dilma Roussef deve anunciar medidas que aumentarão a proteção do consumidor.

Segundo publicado pelo blog do Planalto, em pronunciamento na última sexta-feira (8), a presidente adiantou que o governo criará mecanismos capazes de dar respostas mais ágeis às demandas do consumidor, cobrando melhorias nos serviços e mais transparência das empresas e do governo.

O Brasil, disse Dilma, vai fiscalizar com maior rigor, aplicar multas mais adequadas e conscientizar a todos das vantagens da melhoria nas relações de consumo.

“No próximo dia 15 de março, não por coincidência, o Dia Internacional do Consumidor, vamos anunciar um elenco de medidas que transformarão a defesa do consumidor de fato em uma política de Estado no Brasil. Adianto, de forma bem resumida, que essas medidas vão abranger, de um lado, a criação de novos instrumentos legais para premiar as boas práticas e punir as más, e de outro, vão reforçar e apoiar as estruturas já existentes, como é o caso dos Procons”, disse a presidente.

 

Contato