Em mercados / politica

Soros diz que vitória de Obama significa "mais políticas sensatas"

Milionário diz ainda que a cooperação entre os partidos políticos dos Estados Unidos é necessária para lidar com o chamado abismo fiscal

George Soros - WEF 2010
(Wikimedia)

O investidor bilionário George Soros disse na noite da terça-feira (6) que a reeleição do presidente norte-americano, Barack Obama, abrirá "a porta para políticas mais sensatas".

Soros, que contribuiu poderosamente para causas democratas e apoiou muitos grupos liberais e progressistas, disse à Reuters: "Estou muito feliz que o presidente Obama ganhou. O eleitorado americano rejeitou posições extremistas".

Em uma troca de e-mails, Soros, que estava em Budapeste (Hungria), disse que espera que "os republicanos no poder se tornem parceiros melhores nos próximos anos".

Ele observou que a cooperação entre os partidos políticos dos Estados Unidos é "urgentemente" necessária para lidar com o chamado abismo fiscal - a combinação no fim do ano entre o vencimento de reduções de impostos da era Bush e cortes acentuados nos gastos domésticos.

Soros, de 82 anos, ganhou fama e fortuna há duas décadas em um negócio histórico em que assumiu o Banco da Inglaterra e astutamente apostou na desvalorização da libra esterlina.

 

Contato