Petróleo fecha em alta, com Brent de volta aos US$ 80, apoiado por tensões geopolíticas

O preço da commodity é apoiado por conflitos no Oriente Médio e na Rússia, diante dos riscos de perturbação da oferta global

Estadão Conteúdo

(Divulgação)

Publicidade

O petróleo fechou em alta na sessão desta segunda-feira, 22, com o barril do Brent voltando a ultrapassar US$ 80 depois de dez dias. O preço da commodity é apoiado por conflitos geopolíticos no Oriente Médio e na Rússia, diante dos riscos de perturbação da oferta global.

O WTI para março subiu 2,06% (US$ 1,51), a US$ 74,76 o barril, na New York Mercantile Exchange (Nymex). O Brent para o mesmo mês subiu 1,90% (US$ 1,50), a US$ 80,06 o barril, na Intercontinental Exchange (ICE).

Nesta segunda-feira, o chefe das operações militares dos EUA no Oriente Médio, o vice-almirante Brad Cooper afirmou que o Irã – um grande produtor de petróleo – tinha envolvimento direto nos ataques a navios que os Houthis têm realizado no Mar Vermelho. A escalada dessas tensões vem contribuindo para os temores de que o transporte e a produção de petróleo na região possam ser afetados.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Outro ponto de alerta foi o ataque de drones atribuído à Ucrânia a um terminal de gás da Novatek na Rússia nesse fim de semana, que forçou o Kremlin a suspender algumas operações na instalação.

Head de Petróleo, Gás e Renováveis da StoneX, Smyllei Curcio, pondera, entretanto, que sinais de desaceleração da China, importante motor de demanda, limitam o impulso de alta.

Ele lembrou que o Banco do Povo da China (PBoC, na sigla em inglês) manteve juros inalterados na decisão do domingo, quando “o mercado esperava corte”. “Os dados chineses estão deixando o mercado cauteloso”, apontou Curcio.

Continua depois da publicidade

Ainda assim, ele considera que a maior parte dos fundamentos é altista. “Ou seja, é preciso pensar em estratégias de participação de alta e proteção de alta”, recomendou.