Fique de olho

Os 5 assuntos que vão agitar o mercado nesta segunda-feira

Veja o que de mais essencial você precisa saber antes de começar a operar nesta segunda

SÃO PAULO – A segunda-feira (4) é de cautela para as bolsas europeias, enquanto a Ásia se anima com a possibilidade de anúncio de mais estímulos pela China. No Brasil, o BC volta a ofertar swap reverso. Confira no que se atentar nesta sessão: 

1. Bolsas mundiais
O dia é de cautela para as bolsas europeias após um forte rali de alívio após o Brexit; os investidores por lá registram cautela em meio aos desdobramentos sobre a saída do Reino Unido da União Europeia. Importantes políticos alemães pediram melhorias nos processos da União Europeia para acelerar decisões e ampliar o apelo do bloco junto aos cidadãos. Enquanto isso, o dia é de ganhos para os mercados emergentes, com a expectativa de que de que investidores deixando Europa após Brexit podem se voltar às ações de países em desenvolvimento. Já na Ásia, a segunda-feira foi de ganhos, já que os preços mais altos das commodities e as expectativas de que Pequim adotará mais medidas de estímulos impulsionaram as ações de recursos básicos. As commodities chinesas subiram nesta segunda-feira por expectativas de que Pequim apresentará mais medidas de estímulo para melhorar a economia.

Às 7:46, este era o desempenho dos principais índices:
* FTSE 100 (Reino Unido) -0,07%
* CAC-40 (França) -0,30%
*DAX (Alemanha) -0,19%
* Nikkei (Japão) 225 +0,6% (fechado)
*Xangai (China) +1,90% (fechado)
*Hang Seng (Hong Kong) +1,27% (fechado)
* Minério de ferro negociado em Qingdao +3,47%, a US$ 56,22 a tonelada
*Petróleo brent +0,24%, a US$ 50,47 o barril 

PUBLICIDADE

2. Relatório Focus
O BC divulga pesquisa Focus, com expectativas do mercado para indicadores como PIB, inflação, câmbio e juros, em seu website às 8h25 (horário de Brasília). 

3. Feriado nos EUA e agenda internacional
A expectativa é de menor liquidez nos mercados por conta do feriado nos EUA pelo Dia da Independência, que manterá fechados os mercados financeiros e de commodities nesta segunda-feira. Ainda na agenda internacional, a China apresentará às 22h45 o PMI Caixin de Serviços de junho e o Japão apresentará às 23h o PMI Nikkei de Serviços. 

4. BC volta a oferecer swap 
O Banco Central anunciou pelo 2º dia seguido leilão de até 10.000 contratos de swaps reversos, das 9:30 às 9:40, com resultado às 9:50. Na sexta-feira, odólar teve 1ª alta em dias com leilão e após o presidente do BC, Ilan Goldfajn, dizer ao Valor Pro que se abriram condições para reduzir estoque swap por conjunção de fatores internacionais e domésticos. Ilan defende o tripé com metas, responsabilidade fiscal e câmbio flutuante, mas pondera que não existe flutuação pura em emergentes.

5. Operação Lava Jato
 A Polícia Federal cumpre mandados para 4 prisões temporárias, 1 prisão preventiva, 23 buscas e 7 conduções coercitivas em São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília na 31ª fase da Operação Lava Jato. A ação foi batizada pela PF de “Abismo”. Um dos alvos da operação é o ex-tesoureiro do PT Paulo Adalberto Alves Ferreira, que teve a prisão preventiva decretada, mas ele já estava preso pela Operação Custo Brasil.  A PF também cumpriu um mandado de busca e apreensão contra ele, em Brasília. A investigação tem  objetivo de apurar a fraude ao processo licitatório, o pagamento de valores indevidos a servidores da Petrobras e o repasse de recursos a partido político em virtude do sucesso obtido por empresas privadas em contratações específicas como, por exemplo, o projeto de reforma do Cenpes (Centro de Pesquisas da Petrobras), estabelecido na Ilha do Fundão, no Rio de Janeiro.

(Com Bloomberg)

Agenda InfoMoneyTV para segunda-feira:

  • 8h35: Morning Call (com Raphael Figueredo)
  • 9h00: Bom Dia Mercado (com André Moraes)
  • 9h45: Reunião Matinal (com equipe XP Investimentos)
  • 10h: InfoMoney na Bolsa (com Thiago Salomão)
  • 11h40: XP Connection
  • 14h: Na Real (com Marcos Mortari e José Márcio)
  • 14h40: Comprar ou Vender (com Thiago Salomão)
  • 15h40: Na Mira do Trader (com Wagner Caetano)
  • 16h30: Fechamento de Mercado
  • 19h00: A Hora do Trader