Oi (OIBR3) recebe proposta que garante liquidez adicional à oferta do BTG (BPAC11)

Novo financiamento trazer uma liquidez adicional de US$ 125 milhões para a Oi em relação ao DIP AHG Original

Felipe Moreira

Publicidade

A Oi (OIBR3) informou nesta manhã de quarta-feira (20) que recebeu dos
credores financeiros (AHG) uma proposta alternativa àquela apresentada pelo BTG Pactual (BPAC11), para o refinanciamento de dívidas da companhia, na modalidade debtor in possession (DIP).

A companhia afirmou que a proposta concorrente oferta até US$ 400 milhões em financiamento total mediante garantia de venda de 95% das ações da que a empresa tem no grupo de rede neutra V.tal.

Nesse contexto, o novo financiamento trazer uma liquidez adicional de US$ 125 milhões para a Oi em relação ao DIP AHG Original, anteriormente contratado, redução de custos, simplificação e melhoria das condições para os Credores Financeiros desembolsarem os recursos do financiamento e para prestação de informações, além de satisfazer as necessidades de capital de giro de curto prazo do Grupo Oi e investimentos para manutenção de suas atividades.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

A companhia ainda informou que o BTG concordou em renunciar à cobrança da taxa de rescisão prevista no seu instrumento de financiamento, que será então encerrado de maneira também consensual.

Tópicos relacionados