Expansão dos serviços

Oi anuncia lançamento de serviço de internet por fibra óptica em São Paulo

A companhia destaca que a Oi Fibra é o principal pilar do plano de transformação da companhia e que  cresceu 150% em número de clientes nos últimos 12 meses

SÃO PAULO – A Oi (OIBR3;OIBR4) anunciou nesta terça-feira (27) o lançamento do serviço de internet por fibra óptica em São Paulo. Desta forma, passa a a atuar no maior mercado consumidor do país e assim estar presente em todos os estados e 100% das capitais.

A companhia destaca que a Oi Fibra é o principal pilar do plano de transformação da companhia e que  cresceu 150% em número de clientes nos últimos 12 meses, o equivalente a 1,5 milhão de novas conexões nas 142 cidades, incluindo São Paulo, onde já está disponível.

O serviço superou este mês a marca de 2,5 milhões de clientes e, com isso, o número de assinantes da companhia com acesso à internet via fibra óptica ultrapassou o de conectados por tecnologia de cobre, afirmou em comunicado.

A companhia afirma que o lançamento da Oi Fibra em São Paulo consolida o posicionamento da Oi como plataforma nacional de tecnologia integrada e de serviços digitais.

Assim, a partir de agora, além dos clientes corporativos da capital paulista que já eram atendidos pela Oi Soluções, os assinantes empresariais e os residenciais também poderão contratar o serviço. A expectativa da Oi é cobrir 400 mil domicílios (homes passed, no jargão em inglês) em São Paulo ainda em 2021 e chegar a 2 milhões em 2022″

“Com a Oi Fibra em São Paulo, estamos trazendo a melhor solução em fibra disponível no mercado para disputar espaço num mercado altamente competitivo e que demanda serviços de alta qualidade”, afirma Rodrigo Abreu, presidente da Oi.

Em 2020, a Oi Fibra adicionou cerca de 1,4 milhão de novos clientes, alcançando uma taxa de ocupação superior a 23% (takeup, no jargão em inglês).

A companhia aponta que, segundo relatórios da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), liderou as adições líquidas de clientes do mercado de fibra óptica no ano entre as grandes operadoras, com desempenho cerca de 56% superior ao segundo colocado e 15% a mais que a soma das três concorrentes.

“O bom resultado também se refletiu na receita do serviço, que praticamente quadruplicou no período, atingindo R$ 1,4 bilhão – contra R$ 285 milhões em 2019. A partir de agora, a Oi Fibra está presente em 142 municípios, tem capacidade de instalação em 10,9 milhões de endereços e conta com 2,5 milhões de clientes, distribuídos em todos os estados do país. Até o fim do ano, a companhia planeja expandir o serviço para 228 municípios, conquistar 3,5 milhões de clientes e ter disponibilidade para instalação em 14,8 milhões de endereços”, apontou no comunicado.

PUBLICIDADE

Cabe ressaltar que, em meados do mês, a Oi aceitou proposta vinculante para se desfazer do controle da empresa de fibra óptica InfraCo. A companhia deve ficar com o BTG Pactual e a Globenet – desde fevereiro, as partes estavam em negociações exclusivas sobre o ativo. O total da operação é de R$ 12,9 bilhões.

A proposta vinculante prevê em 31 de dezembro deste ano o valor de firma (EV) da InfraCo de R$ 20,02 bilhões, considerando uma dívida líquida de R$ 4,107 bilhões, integralmente devida à Oi e a ser repaga em até 90 dias do fechamento da operação.

Após a incorporação da InfraCo, BTG e Globenet passarão a deter ações representativas de 57,9% do capital social votante e total do negócio; a Oi permanece como sócia minoritária no ativo. A expectativa é de que, com o valor captado, a companhia tenha progresso no seu plano para sair da recuperação judicial e faça mais investimentos em fibra óptica.

Aprenda como ganhar dinheiro prevendo os movimentos dos grandes players. Na série gratuita Follow the Money, Wilson Neto, analista de investimentos da Clear, explica como funcionam as operações rápidas.